sábado, 7 de agosto de 2010

Simples assim.



— O dia tá lindo, Mamãe, não dorme mais não!

Foi assim que eu acordei hoje. Na sala, havia um presente já aberto. Sem cerimônia, você o pegou e me entregou. Era o presente de dia dos Pais da escolinha.

– E esse desenho lindo, filho? Quem é?

– Você e o meu papai.

Meu lado criança achou divertido ganhar presente também no dia dos Pais. Comentei:

– Eu sou sua mãe e sou seu pai, né, filho? Por isso ganhei o presente.

– Não, você não é meu Papai. Meu Papai tá lááá no céu. Ele comeu muito sal e morreu, né?

É, filho. Parece que sim.

45 comentários:

Marcia P. disse...

Feliz Dia dos Pais para vcs!

Bjs,

Talita disse...

Ver o mundo com o mesmo olhar de uma criança às vezes é melhor.

Beijossss

Bell disse...

Que Deus conserve essa inocência do Francisco, e que o rodeie de pessoas boas pela vida...para que a ausência do 'papai' seja sempre vivida com essa naturalidade! Afinal ele ta laaa no céu, mas sempre juntinho de vocês! Feliz dia dos pais Cris...beijooous!

Nathy disse...

Ouw.... Que sensato esse pequeno, né? rs....
Também é meu segundo dia dos pais sem meu pai esse ano. Faz falta, muita falta.
Beijos para os pequenos e feliz dia dos pais!

Dri_ disse...

Ele também tá falando muito "né?" rsrsrs


Ouço "né, Mamãe?" muuiiitas vezes, e afirmo de boca cheia "Né, Filho!"

Cora disse...

Tive muitos alunos que entregariam os presentes para avós, mães, tio, padrasto...no fim tudo acaba bem!!*))


Um beijo, Cora.

Mah disse...

Coisa mais linda é o Frnacisco... dá um beijo grande nele por mim... e um pra vc tb. Feliz dia dos Pais... ñ deve ser tão fácil... bjo!

Daniele Lages disse...

Cris, Feliz dia dos Pais para nós que somos mãe e pai!

Fernanda disse...

Quando li sobre o que você falou Francisco, eu achei incrível.Você pequeno já sabia o lugar de cada coisa e a especialidade delas.
Um beijo.

Lali disse...

Eo gostava preparar as lembranças do dia dos pais para ele. Era um momento que eu o homenageava e pensava que, de onde ele estivesse ele receberia aquela energia.

Maíra K. disse...

Cris e Cisco,
Feliz Dia dos Pais para vocês dois!

Cris, é muito bom ele encarar a ausência do pai com tanta naturalidade!

:)

EU SOU NEGUINHA disse...

Um Feliz dia dos pais pra vcs.
beijos

Renata Feldman disse...

Esse Cisco é um eterno presente!
Beijos

Naiara disse...

Feliz Dia dos Pais :)

Fabi disse...

Cada coisa no seu lugar né Cisco?
Muito esperto esse menino...
Lindo!

[Ananda] disse...

Feliz dia dos pais=)
é verdade,cada coisa em seu lugar.

Raquel disse...

Nossa.

Deia disse...

Oi Cris, que clareza ele tem. O pai dele se chama Gui. Pode não estar aqui, mas ele TEM pai. Simples e objetivo. Ele só lhe mostrou o presente que ele trouxe para o pai dele. Não poder entregá-lo, não o quebrou- e isso, é lindo! Um beijo! Deia

Rafaela Alves. disse...

Terminei de ler seu livro esses dias, é lindo e doce, mesmo com as lágrimas contidas nele. Mas, esse presente, o Francisco, lhe tratá todo o sorriso do mundo.
Um dia dos pais com lembranças boas, para que o sorriso permaneça.
Beijos.

♫Pri disse...

Toda vez que leio algum post onde o Francisco fala do pai, me arrepio.
é incrível a verdade das coisas.

Ele é um garoto muito forte e feliz isso é lindo!!

tassi disse...

É legal quando o coração fala!

Maria dos Açores® disse...

Cris, adoro sempre que passo por aqui. Os teus posts e as saídas do Cisco alegram o meu dia. Ele está cada vez mais lindo, igual à mãe e ao pai "morrido". Um beijo com muito amor para vocês os dois e que esta cumplicidade aumente...

Marih disse...

eu sou uma nova leitora que sempre se encanta com vc e o francisco. feliz dia dos pais! beiijos!

Uma Pulga em desesperO disse...

Feliz dia dos pais!

Liz disse...

Cris, queria lhe dizer que me emocionei demais com a sua história e a de Francisco e nunca mais a esqueci desde que a vi no Globo Repórter. Sua iniciativa em perpetuar esta linda história de amor é simplesmente maravilhosa. Parabéns pelos seus textos, pelo seu lindo filhote e que você seja muito feliz!

ana paula disse...

Ah, que doce é o Francisco!
Esta fala dele me lembra de como temos que dar para as crianças aquilo que elas pedem, o que está ao alcance delas e não mais que isso.
Depois que o Zé Renato, que eu namorei, morreu ficamos todos esperando quando a Laura, sobrinha que ele deixou bem pequenininha, ia começar a fazer questionamentos sobre a morte.
Vou tentar reproduzir aqui um diálogo dela com a avó, mãe do Zé.

- Vó onde tá o tio Zé?
- No céu com Jesus, Laura.
- Ele conhece o Jesus, aquele do presépio?
- É.
- Nossa, que legal!

Um beijo querida e feliz dia dos pais!!

FULANA E SICRANA disse...

Por que nós perdemos essa inocência ou seria sabedoria das crianças? Isso tem muito mérito seu também. Que manteve a clareza e não quis fazer rodeios, nem esconder as coisas.
Parabéns!

Cris, errante... disse...

Sabe tudo esse Francisco.

Clara Rocca disse...

Amei o blog! Ainda não conhecia muito bem!

Isabela Lacerda disse...

Lindo!!
Eu bem sei o que é não poder dar 1 abraço no pai nesse dia...
Francisco é um espírito iluminado!

Minha Vida disse...

Que doce é seu filho e que presente diario.
bjos

Carol disse...

esse blog tem acabado com meu coração. =)

Manu disse...

Lindo!

Tuza disse...

Chorei!

@ugust@ disse...

. a sutileza com que vc explicou a morte do pai para o Francisco (comeu muito sal) mostra a super mãe que vc é! parabéns "pãe", mistura de pai e mãe, vc tem desempenhado o papel como ninguém!
. beijinhos mil.
. fique com DEUS.
. Leila Diniz (leiladiniz76@uol.com.br)

:) disse...

Ernesto Zanella Neto.

Joinville - SC

Ontem a noite, uma amiga minha, Renata Tomasi, tirou 10 na monografia dela, o tema era o Hoje Vou Assim, mas falou bastante sobre você e o Para Francisco, confesso que estou apaixonado por isso tudo, ainda mais pela atual fase que estou vivendo em que perdi minha mãe a pouco tempo, não conhecia os blogs, mas de hoje em diante virei leitor, e costumo ser assíduo!

Parabéns mesmo!

Forte beijo, pra você e seu pequeno!

Ernesto!

Kessy disse...

Ola Cristiana,
Estou lendo seu livro.
Queria te parabenizar por escrever tão bem e com tanta poesia, leveza, inteligência e discernimento.Eh um livro que quero reler, ler em voz alta para alguém, quero também que outros que eu conheço o leiam.
Parabéns.

Jéssica Tomé disse...

Que amor!
Imaginei a cena e nao consegui não comentar.
Seu filho é um fofo, pelo pouco que leio dele aqui..
e vc tambem..

abraços

*Livia* disse...

Seu filho é incrível, que delícia esse amor todo!!

Bjs

Lari Reis disse...

A sensibilidade de Francisco me impressiona.

Guria disse...

Eu sou apaixonada pelo Francisco... Ele parece ser tão exato, realista e, ainda assim, tão amoroso...

Calorina disse...

Sigo seu blog pelo reader, por isso não costumo vir aqui comentar, mas hoje precisei. Você ensinou seu filho a ver o mundo da forma mais linda possível e isso merece reconhecimento. Parabéns! Do fundo do meu coração.

Mente Hiperativa disse...

"Ele comeu muito sal e morreu" OWn como eh linda a inocencia de uma criança.

Mirys + Guigo + Nina disse...

Comigo foi assim:

O Guigo resolveu que os filhos tinham "ficado" pra mim, então, eu era o pai e eu ganharia o presente.

A Nina decidiu que eu podia emprestar o meu pai para ela. Então, fez dois presentes, para os dois avós!

E a vida segue...
Os primeiros são sempre os mais difíceis...

Miriane - www.diariodos2mosqueteiros.blogspot.com

Sileide disse...

Nossa Cristiane, conheci o Gui quase criança, fiquei muito triste com a partida dele, mas hoje fiquei emocionada vendo seu blog,o Francisco,que lindo!!!Aliás você também é linda.Minha filha me mandou pelo orkut e disse que vai assistir a uma palestra sua.Realmente me emocionei muito com tudo isso. Beijo.