sexta-feira, 10 de abril de 2009

Amor e ponto.

Houve um tempo em que as certezas fugiam dele – elas conseguiam, ao contrário de mim. Foi um tempo nebuloso em que às vezes chovia, às vezes fazia sol. Mas, independente do clima, a gente se encontrava. Atravessávamos noites e noites lado a lado, acordando mais juntos ou não. Eu me lembro de muitas em que ele adormecia antes de mim. Abraçada ao seu corpo, eu dizia para o silêncio: "Amor". Era solitário. Ficávamos eu e o que não cabia em mim, procurando um lugar que pudesse nos abrigar. Dias e noites se repetiram e o amor se manifestava, seguidas vezes, do coração para a boca, sem enfrentar grandes distâncias. Era um segredo meu comigo. Até um dia em que fechei os olhos antes dele. "Amor." – ouvi num susto. Finalmente ele havia parado de lutar. Não mais se debatia. Num sorriso, se entregava ao que era feliz. Eu chorava. Era alegria demais. Algum tempo depois, já era corriqueiro. Mais algum tempo, você. Que antes era só um outro desejo escondido – também nele. O verbo se fez carne, como ele mesmo disse um dia. (Ainda bem que deu tempo.) A palavra amor seguida de um ponto final é para poucas pessoas e poucos momentos. Para poucos porque é muito.

60 comentários:

clarissa corrêa disse...

cris,

o teu amor é bonito. quem consegue sentir o significado do amor tem sorte. e morre feliz. tão feliz que, mesmo depois de morrer, vive.

meu beijo,
clarissa


www.clarissacorrea.blogspot.com

Bruna monteiro disse...

eu senti exatamente isso ontem, quando ele falou: te amo. Assim na lata, na cara. Pela primeira vez. É tão grande, é tanto, é lindo. E como você disse: é para poucos. Por que é muito.

http://noceunaocaberia.blogspot.com/2009/04/sem-palavras.html

Lari. disse...

Ainda bem que deu tempo! O seu amor é tão liindo!

Marcia Parassol disse...

Deu tempo e ficou eterno.
Boa Páscoa!

zuleid disse...

do ponto ao pronto só tem um ponto,mas como este ponto nos deixa prontos...
ponto de interrogar
de exclamar
de finalizar
de concluir
ou de deixar fluir...
como o amor que você não tem mas que tem você no ponto!

Manu disse...

Chamar de amor tem que ser verdadeiro, sabe?
N ando dizendo por aí.
Um dia... quem sabe?!?

Caminhos do Turismo pelo Turismólogo disse...

O verdadeiro amor não se mede com o tempo, a intensidade não obedece parâmetros. Quando acontece é completa, não deixa dúvidas, pode ser a eternidade, um dia, uma hora, um momento, uma palavra. Assim como voce sentiu, como foi e como é o amor de vocês.
Feliz páscoa para você e Franciso.
"para Francisco" é o livro mais lindo qua já li.
Merece ser um filme.
bj
Eliane

.Intense. disse...

"A palavra amor seguida de um ponto final é para poucas pessoas e poucos momentos. Para poucos porque é muito. "

Perfeito.
Vc me deu vontade de chorar.

Ju disse...

Puxa, que bonito!
Eu tenho me perguntado se um dia eu vou amar simplesmente e aí li esse teu post.
Amor é assim: simples.
Bonito mesmo. Tu sabe expressar tão bem essas coisas que todo mundo sente.

Me elmbrei do Djavan: " Invade e fim."

Beijão

Lidiane disse...

Para poucos porque é lindo demais.

ana - hoje vou assim off disse...

Cris do céu, você tinha realmente que viver disso. De escrever. E de nos deixar sem ar.

Beijos.

Fatima disse...

Oi!
Tempo de Páscoa


Páscoa é tempo de meditar, de buscar,
de agradecer, de plantar a paz.

Tempo de oração!!!

Tempo de abrir os braços, de abrir as mãos
e de ser mais irmão.

Tempo de recomeçar!

Tempo de concessão, de compromisso,
de salvação. Tempo de perdão.

Tempo de libertar, de libertação,
de passagem, de passar...

Para onde?
Para a luz, para o amor, para a vida que é eterna!

É Tempo de Ressurreição!

Feliz Páscoa para vc e sua família!
Fátima

Dani disse...

Que bom ouvir isso. É assim mesmo, ao mesmo tempo tão suave e tão intenso. Para poucos, poucas vezes, mas é tão, tão grande.

Lís disse...

Cris, esse foi o post mais perfeito que eu já vi em sue blog!

Passo por uma situação muito parecida no momento, e "ouvir" isso tudo foi um suspiro de esperança viu?! Obrigada!

Erica disse...

Tomara que esse amor grande e sincero sempre te acompanhe.

carina gomes disse...

Querida Cris, navegando pela net descobri a sua história. Que linda vc é, quantas palavras cheias de delicadeza e intensidade. Pronto, vc ganhou meu coração, virei sua fã e estarei acompanhando seus blogs com toda a beleza q vc nos transmite! Linda vc, lindo o seu filho e o seu amor.
Muitos bjs, Carina.

Luciana Gill disse...

Lindo! Seus textos nos surpreenderão sempre.

Feliz Páscoa!

Anônimo disse...

Fui as lagrimas... lembrancas que nao quero perder nunca e, paradoxalmente, expectativas de que, um dia, possa acontecer de novo. Linda tua sensibilidade ! Patricia

Ana Carolina disse...

Lindo, como sempre !
Acabei de ler teu livro e simplesmente não consigo parar de ler o que você escreve.
Todo dia leio um trechinho favorito e tbm dou uma passadinha no HVA. Adoro o jeito como você escreve. Me emociona e me aproxima de uma certa forma de você.

Beijos grandes em você e no Cisco.

naninha disse...

pequena...
e mais uma pascoa... mais um renascimento... mais um daqueles momentos que superam o senso comum, que nos revelam a essencia dos fatos... um momento para ser renovado e eternizado todos os dias: o recomeço.
que para voce e seu francisco seja sempre assim, porque, para quem é a outra parte de seu filho, com certeza sempre é...recomeço... vida e vida é sempre começar.

pequena, tenho um filhote q acabou de fazer 2 anos e sobre o seu post em q descreve as des- cobertas q vc tem junto com ele foi impossivel nao me emocionar... pq vi ali, em palavras, a minha vida inteira que hoje tem dois anos de idade.
obrigada.

naninha

Laís Caparroz disse...

ontem, qndo dormi com meu amor, lembrei do seu post...
eu sempre digo amor pra ele qndo ele adormece...

isa disse...

Cris,
Você é linda do lado de fora e do lado avesso. Não é aquela beleza de nascença, daquele tipo que ganha concursos por aí. É uma beleza construída com a profundidade de um ser pensante e de um coração que já não aguenta só bater: expõe para todos o sangue que corre, verde, amarelo,anil, cor de rosa e carvão. Como é bom poder trocar contigo nesse diálogo mudo, onde eu entro apenas como ouvinte omisso, que quando cala consente. E chora.

Isadora Kimura

disse...

Perfeito, perfeito como tudo que vc escreve..

ainda bem que deu tempo!!!! graças a Deus!

trOiAnA22 disse...

Cisco tem sorte... Vai ter uma mãe que carrega dentro de si um amor que sempre o entregará aos carinhos, caminhos, sorrisos e vestígios do pai, que foi amor, que foi festa, que foi paz, que foi mais do que um passageiro amor.

Paz nesse coração...

[digo isso, porque não tive pai, embora ele ainda respire, nunca pude sentir de perto seu calor. E com esse amor perdido se foi, também, alguns bons olhares de minha mãe.]

Admirando sempre sua escrita, na leitura e releitura do seu livro ou aqui no blog.

Abraços

Milene Maciel - troiana22/SC

Anônimo disse...

Lindo...Cris...como vc escreve bem. Como consegue traduzir em palavras o que vc sente. Maravilhoso...virei tua fã,do outro blog tb. Indiquei teu livro a amigos e vou ler tb. Sucesso enorme pra ti..vc merece a felicidade plena..
Bjão..
Samantha

Regina disse...

* Suspiro *

Cris,

Ainda bem que Gui cuidou de lhe deixar a herança mais preciosa do mundo.
Ainda bem que ele viveu tão intensamente ao seu lado.
Você é linda. Mesmo com a falta, você cuida para que ela não seja sentida. Para que ele esteja sempre presente (e ele está).

Um beijo nesse seu coração lindo.

Jade Santos disse...

Fico lendo, lendo, lendo... Sentindo, sentindo, sentindo. É, os seus textos me fazem...Sentir!Adoro vír aqui. E sempre sou bem recebida, agraciada com seus sentimentos transformados em palavras. Beijo.

Léli disse...

Lindo esse texto, lindo o amor.
Parabéns, pois só quem sente esse tipo de amor, INCONDICIONAL, é capaz de receber este mesmo amor de volta. Tudo de bom pra ti

Ana.com disse...

Ameiiiiiiii...

Fabiana Panachão disse...

não é a toa que seu nome é Guerra, aquela que não pára de lutar, da luta nasce a certeza que para enfrentar é preciso estar viva. parabéns pelo seu blog e livro. fique na luz, beijus
Fabiana

Flávia Vida disse...

ainda bem que deu tempo ...

:*)

Maite Lemos disse...

muito lindo Cris.
Gostaria muito que vc fosse conhecer meu blog.
Seria uma honra...
www.asasocultas.blogspot.com
bjnho

AnaCláudia disse...

Que coisa, exatamente na madrugada de sábado de aleluia eu ouvi esse amor (que já saía de mim tão fácil).
O dia estava amanhecendo, era sábado de aleluia e da janela eu via Ouro Preto.

janaina disse...

Pequena,
chorei muito ao ler o seu blog e faz pouco tempo que ando por aqui, mas hoje eu quero te dizer que admiro muito o AMOR, esse que você teve a felicidade suprema de viver, que te trouxe o seu Cisco, que ainda embala o seus sonhos.
Janaina.

PS: Ah... eu moro no Piauí...fico imaginando em qual cidade Guilherme nasceu...

ICRF disse...

Faz tempo que não venho por aqui ler esses textos tão lindos, tão cheios de vida, verdades e sentimentos de amor, você me faz emocionar, e lembrar do amor que eu perdi, mas, não pela morte e sim pela covardia, mas, desse amor nasceu a minha linda filha, que me deu um novo sentido para a vida e que hoje eu posso dizer que conheço o "Amor" de verdade, aquele que vem do fundo do coração que doi de tem bom que é.
Beijos e continue nos emocionando, e com certeza vou comprar o livro.

Isabel

Cacau disse...

UAU. Só a descrição do seu blog já me deixou toda arrepiada. E este seu último post, maravilhoso. Quero ler mais, mais, com mais calma. Adorei! Beijos!

cida disse...

Olha, o amor é isso mesmo....ponto.Vc escreve para alguém que nasceu na dor e te fez valorizar o amor.Sei bem o que é a dor e também o que é perder um amor.Perdi um filho, amado e lindo, a 23 anos atrás...é como vc diz, vai ficando empoeirada a lembrança, mas o amor não acaba nunca.Hoje tenho meus outros tres, tenho netas e neles vivo o amor, mas sempre tenho a saudade e o pensamento de :como seria se ele estivesse aqui hj?
Bjs e mais sucesso pra vc...MERECE TDB.

O'Franck disse...

Oi, bonita.

Ótimo passar poraqui e te ler assim, tão feminina-mente universal. O blog é muito bacana, e o seu jeitinho de escrever, melhor ainda.

Thais disse...

te vi ontem na rede minas! como vc é doce, meiga... e qtas coisas lindas vc consegue dizer em uma frase tão simples! te admiro não só pelo, blog, pela historia, pela força, mas pela simplicidade e leveza com que vc parece ter recebido todos os acontecimentos, com um olhar delicado... vc sim é tudo de bom! parabens cris!!!

TThata Luz disse...

é incrível como tu consegues transmitir com as palavras a tua vontade de mostrar pro Francisco o que é o amor e o que é a vida com ele.
Cheguei ao teu blog atráves de outro, que tinha um link pro Hoje vou Assim, adorei.
Você é maravilhosa, uma mulher com uma força incrível.
Fico emocionada lendo o Para Francisco, primeiro claro, por causa do motivo da existência do blog, segundo por que tenho um irmão chamado Francisco, e assim como você ama muito o seu, amo muto o meu, terceiro, amo crianças.
Beijos flor.
Sucesso

paranois3 disse...

o seu "amor e ponto" me fez lebrar da melhor definição de amor que já ouvi: "o amor é."

Mayara disse...

Oi Cris!
Faz muito tempo que visito seu blog...sempre passo, leio e muitas vezes me emociono, mas na verdade não sabia como era o verdadeiro sentimento de perder um amor, até eu perder o meu, faz uma semana que meu amor se foi, e o que me deixa mais triste é saber que ele se foi sem ouvir tudo o que eu tinha pra dizer..a dor é grande demais! hoje lembrei do seu blog e vim aqui..e encontrei paz e consolo nas suas palavras.. muito obrigada!

Beijo grande!


Mayara

regia marinho disse...

Oi Cris até que enfim... tive tempo e coragem para fazer o meu blog. Agora posso postar os rumos que eu tive na vida... Mas uma vez as suas palavras maravilhosas e emocionantes.... visita o meu blog por favor pois vc foi a principal incentivadora para eu faze-lo infelizmete não a conheço pessoalmente mas quem sabe um dia já me sinto a grande e velha amiga.... mil beijos pra vc e o Cisco.
http://diariodeumalife.blogspot.com/

OBS: quem quizer me visitar lá podem ficar a vontade beijos a todos!!!

Carol Soares disse...

E eu queria tanto saber porque as pessoas tentam explicar o que é o amor, se essas 5 letrinhas já bastam quando são ditas com sinceridade.
Acho lindo esse amor de vocês três.

Rascunhos em papel de pão disse...

Uma belezura!

Uidol Macaya disse...

Que perfeito. Uma amiga falou do seu livro, comentou do teu blog... Estou aqui apartir de agora , desde já, pra tentar acompanhar o amor e seu ponto.Lindo como escreves. Parabéns.

Nina disse...

lindo e ponto!

vc me emociona, nao interessa o tempo que venho aqui, sempre que venho, desde que te conheci, vc me traz de volta a emocao das coisas.

bj cris

Ana disse...

Cris, querida,
eu usei uma expressão sua, mas linkei direitinho o seu blog tá?
Espero que não se importe!
beijos!
Ana
www.docerotina.blogspot.com

Liege Saad disse...

Cris.. que pequena atitude e pequena palavra que traduz tanto... muito obrigado! Por que sempre que te leio me torno uma pessoa melhor!!! Bjo grande!

Gilmara disse...

Cris, você deve receber muitos comentários de pessoas que entendem sua dor... eu sou uma, perdi a pessoa mais importante da minha vida há pouco tempo. Ele tinha 32 anos, e morreu com tiro. É uma dor tremenda, mas o amor é mais tremendo. Tbem criei um blog para ele.http:// todoamorquehouvernessavida.wordpress.com... gostaria muito q vc olhasse. Ele deixou três crianças lindas...
O amor vence qualquer dor!!

Anônimo disse...

Cris, que lindo!!!
Um dos post mais lindos que li.
Vou ter que escrever a respeito...
beijo

Stephani Almeida disse...

Você me comove. Você é linda. As coisas que fala da tua vida são como poemas. Você me comove. Você me emociona.

Francisco, você tem uma mãe sensacional. Sejam Felizes.

Bel disse...

Tamanha imensindão essa que cabe em ti, minha querida!
Que coisa mais linda esse teu Amor, que coisa divina escutar um "Amor" assim.
Um beijo,
Bel

Juliana disse...

Cris,
Esse texto foi lindo - tanto.
(eu vou confessar que segurei os olhos o choro)

:)
Bjs,
Juliana Brina

claudia schroeder disse...

perfeito.

Anita Fonseca disse...

Estou vivendo o Amor...lindo demais!!

Parabéns pelo texto, sempre emocionante.

Bjs.

Gleyciinha disse...

' o texto é liindo , quase chorei '

Consultora Educacional disse...

Somos leitores assíduos do seu Blog. Um abraço, Equipe do site Analista de Suporte.Daienne

Érica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carla disse...

Com o tempo...eu não sei bem porque, a gente começa a endurecer, conhecer seu blog foi um presente.Obrigada por tantas sensações.