domingo, 14 de março de 2010

Sobre ele.


Sozinho com sua avó Odette, hoje você disse a ela: "Eu tenho um pai, Vovó. Ele chama Guilherme." Tem sim, filho. Nunca duvide disso.

52 comentários:

Crisaline disse...

Que lindo. Menino esperto!!! Ele conhece o pai de uma maneira mto especial.

Talvez Você Tropece nisso.... disse...

ai que fofof elee..imagina quando ele for maior e ler o livroo...beijo criss

Nínive Lage disse...

Cristiana,

Li seu livro, duas vezes em duas semanas.
Revi as minhas dores, as minhas saudades. Revi minha vida.
Escrevi um post para você no meu blog (chamado Memorial em Flor) e me senti, depois de ler, na obrigação de ser mais delicada, mais gentil, mais alegre, mais feliz.
Para eu poder olhar para trás e ter o seu humor, o seu amor. Para eu merecer ter alguém como o seu Guilherme.
Seja uma mulher feliz!
Para você mesma e para um tal de Cisco.
Para Francisco.
Um beijo carinhoso.

Ananda Câmara disse...

Imagina a felicidade do Guilherme vendo isto! O Cisco se orgulhará do pai que teve através de você, Cris. Muito boa forma de fazer continuar a história de vocês três!

Cor de Rosa e Carvão disse...

Estás fazendo um bom trabalho Cris. Parabéns!

Carolina Arêas disse...

Francisco é mesmo precioso!

Erika disse...

E pode ter certeza que quando compreender melhor as coisas, Francisco terá muito orgulho desse pai. E dessa mãe amada.

beijo

Pri disse...

Ai que lindooooooooooooo!!!

Sinal de que você está fazendo um trabalho primoroso.

Bjos!

Solange Maia disse...

a isso eu chamo de COLHEITA, Cris...

beijo

Sentilavras disse...

É sempre agradável passar por aqui, Cris. Parabéns e obrigada por nos trazer tanta alegria com suas palavras.
Beijos!

Paula K. disse...

Ai Cris...fiquei arrepiada...lembrei do livro...pensei no Cisco pensando, imaginando o pai dele...e sentindo-o, com certeza. Perto. O amor.

a_girl_feeling disse...

:)

Mah disse...

Tava relendo o livro ontem... parei bem nessa ft... e fiquei pensando na dureza q foi pra vc todo esse tempo... e agora o Cisco, já consegue ter noção do seu papai... que lindooo, Cris!

Beijo!

Carla, Rodrigo & Eduardo disse...

Cris, como vc tb sou "viúva" (palavra forte d+), e tb tenho um menino, Eduardo. Este findi ele pegou meu celular e me saiu com esta: " Alô, pai? Tu ta ai no céu? Será q tu me transforma num anjinho pra mim ir ai contigo? Tu me segura pra mim não cair? Ta bom então. te amo tá..." Ele tem so 3 aninhos e quando o pai morreu ele ainda era um bebe. Fazer o q nesta hora né querida? Dói por nós e doi por eles... Bjs

Maria Eugênia G. M. disse...

Será que tu realmente sabe o que já fez pelo Francisco? Sei não, às vezes me pego pensando nisso...

Grande beijo, dona Cris!

Cynthia Gonçalves disse...

Cris que delícia! Parabéns pela iniciativa de mostrar ao Francisco que ele tem um pai. Um cara que foi muito bacana e que o amou.
Normalmente as pessoas entram em seu mundo de dor, e sem se dar conta sabotam, por não saber fazer diferente, algo tão importante que é a memória daquele que não pode mais falar sozinho.
Parabéns pela forma que descreve o Gui, parabéns, parabéns, parabéns!
Francisco, o papai deixou um presente lindo para a mamãe, você! O que alguns ainda não perceberam é que ele também deixou um presente lindo para você, a mamãe.
Beijos... quando tiver um tempinho entre no meu blog http://hojesouassimepronto.blogspot.com

Eu, Rachel=) disse...

Sempre fico encantada pelo modo como você consegue "impregnar" em nossos corações esse sentimento tão intenso de paternidade e amor.

Parabéns!!

=)

lidi ;) disse...

e por algum motivo que eu nem sei qual é, meus olhos se encheram de lágrimas ao ler isso.
Beijo

Lara disse...

Cisco já é um ser humano lindo como você e como o Gui. Engraçado como nos sentimos próximos a quem não conhecemos, e como os desejamos tanto bem.

Um carinho cheiroso pra você e para o Cisco.

Espero que a cada dia ele conheça e admire mais a mãe e o pai que tem.

Elisa disse...

paixão

Fabi disse...

Que coisa mais linda...
quando ele for grande e ler o livro que foi escrito pra ele, sentirá a mesma emoção que vc sente quando ouve essas coisas dele...
imagino sua emoção..
que lindo...
que lindeza de mãe e que lindeza de filho...

Silvana Alves disse...

lágrimas caíram aqui... só posso dizer que o Francisco é abençoado pela mãe e o pai que tem...

TATY BE TATY Edição de Imagens disse...

Eu fico feliz qd entro no seu blog e vejo a evolução do Francisco, eu não li, ainda, seu livro, mas amo o q posta aqui. Vc tá me ensinando a viver, acredite, q é muito importante o q tá fazendo não só pra o seu filho mas para o mundo. Veja só a emoção das pessoas que leem suas emoções...
Parabéns!!!

EU SOU NEGUINHA disse...

Esse menino é um fofo.
Beijos

Mari disse...

Cris, hoje é a primeria vez que escrevo por aki, sigo os seus dois blogs ha algum tempo e nunca tive coragem de postar comentarios,pois nunca encontrei palavras. Mas hj senti algo muito bacana quando li o post,meus olhos se encheram de lagrimas.Que sensação boa vc deve ter tido tbm hein? Parabens, o Francisco esta começando a entender o seu maior objetivo: Apresentar o Pai a ele.
Vc eh uma guerreira Cris. Mais uma vez Parabens!
Mariana Ferreira
mariana_cni@yahoo.com.br

Deborah disse...

É a sua força sendo reconhecida, Cris. Foi o seu amor que permitiu essa certeza ao Cisco (:

MSouza disse...

Fofo, fofíssimo o Cisco. E muito legal que o pai dele seja tão presente na vida dele. Missão cumprida!

NG disse...

Cris...
Li uma reportagem sobre sua vida, do Francisco...do Guilherme, quando minha esposa fazia exames de sangue..e eu aguardava na sala de espera....ela estava grávida de 4 meses, um sonho que se realizava...

Ela demorou lá dentro, era um exame demorado, que não me lembro o nome...me emocionei com o que li, e confesso que até algumas lágrimas cairam...

Em feveiro desse ano, um pesadelo, dia 10...meu filho tão sonhado, que eu amara desde que soube que ele existia, estava nascendo, completaria 6 meses no dia 14..
Lutamos tanto...tanto...e no dia 19 recebi uam ligação do hospital...ao chegar lá só constatei o que já sabia, ele não tinha aguentado...

Ele chegou a segurar meu dedo, dias atras..

Já enterrei amigos, avós, pai e mãe, ma sum filho.....foi pesado...

Impossível, não me lembrar de sua história, Cris...

Quanta dor.....um mundo injusto !?!?

Porque estou aqui, escrevendo tudo isso ? Perdoe, tive vontade...

Abraços

Fábio

Maria Luiza disse...

Li seu livro e amei... ai axei seu blog...
nossa q historia viu?
exemplar!!!
Frascisco deve ta lindao neh?
beijo e fica c Deus.

Arranjos Incomuns disse...

Nossa, me arrepiei!

Parabéns por tudo pequena! Acho que o Cisco vai sentindo a presença do pai, isso graças a tudo que tem feito por ele.

Ananda Andrade disse...

Que feliz achar esse blog. Finalmente! Li já faz tempo a tua história na revista Seleções. Que lindeza é isso aqui, menina! Um beijo em ti e no teu pequeno.

Carolina disse...

Tem sim, olhando por ele. Aonde estiver! Nem perto nem longe

bjos

Iza disse...

O amor é um laço eterno que une as pessoas para sempre.
Cris,você me ajuda a nunca esquecer disso.
Obrigada.

Priscila Rôde disse...

Lindo isso! :)

Luciana disse...

Ah Cris, queria tanto ter a sorte de poder conversar com vc, nem que fosse só um pouquinho! Temos algo em comum:além de sermos consumistas, somos viúvas e mães. Minha filha tb faz 3 anos em 2010 e fez 1 ano que fiquei viúva. É verdade que a forma como perdi meu esposo faz um pouco de diferença, mas não muito pq a dor de conviver com a perda e ter q conviver com o desespero que me dá quando minha filha pergunta pelo pai dela, deve doer igualmente. Ainda sinto a sensação de que a vida foi um pouco injusta, embora ela continue me dando tanto.
Espero que um dia minha filha também consiga compreender isso bem direitinho: que ela tem um pai, que embora tenha ficado mto pouco tempo com ela, que a amou mto!

Luciana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
M. disse...

Ai, Cris, chorei muito agora.
Você me emociona muito.
Que delicadeza. :~~~~

gabismoura disse...

Lindo, lindo!

Luara Q. disse...

vc escreve mt bem (:

Amanda disse...

Cris,

Eu estava agora chorando de saudade aqui, em frente ao meu computador. Perdi meu amado há 3 semanas, estou grávida de 7 meses. Conheci teu blog há poucos dias, já li teu livro, que amei, embora confesse que tive que ir com calma, pois existem muitos sentimentos parecidos com os seus, aqui dentro de mim. E que vc soube nomear tão bem. Eu estava triste, chorando por saudade, e resolvi entrar no teu blog, ler se tinha alguma atualização. Me deparei com teu post sobre a frase do Cisco sobre o pai. Me deu esperança, consegui visualizar um dia a nossa filha Catarina fazendo isso também, sabendo e falando do pai, que embora não vá chegar a conhecer, a amava tanto. Espero poder passar tudo pra ela, como vc faz com o Cisco. Obrigada, é o que posso te dizer agora. Força pra nós. Bjos duplos, pra vc e seu filhote. Amanda e Catarina
(amandabianchi@gmail.com)

Juliana Fernandes disse...

Oi Cris

leio seu blog a um tempo.
A principio eu lia porque ler a sua dor alimentava a minha.
Depois passeia a lerporque sua superação me ajudava a superar.

Quando minha filha nasceu, eu mae solteira-jovem-do interior de MG, achava que nunca iria me reerguer.
me envolvi numa história daquelas de novela, que se eu contar ninguem acredita.


Fiquei gravida durante um romance às escondidas com um aluno, que estudava pra ser padre.
Foi um escandalo na epoca (e ainda é) para o falso puritanismo que a sociedade retrata,um falso moralismo.

Assumimos a gravidez e o relacionamento, na verdade, eu assumi os dois, ele nunca fez nada. E eu alimentava o desejo que tudo fosse feliz para que fossemos uma familia.

Não fomos. Depois de muitas turbulencias, criei vergonha e sai fora com minha filha a tiracolo, com 5 dias de vida. Ele somente registrou ela.

Foi como uma morte. Mas a morte de uma pessoa viva é dolorida demais, porque parece que ela morre todo dia na recordação ruim.

Hoje minha filha está em vésperas de completar um ano. E minha dor se tornou alegria no riso dela, minha dor que sorri.

Não temos um pai. Temos um registro de pai, mas o pai mesmo não exiete ainda, ou melhor, ainda nao nasceu em nossas vidas.

Não sei porque estou desabafando na sua pagina. Mas cho que é bom entender o publico pra quem escrevemos.

porque eu também escrevo.

Talvez um dia leia meu recado. E se interesse em conhecer a mãe sozinha que escreveu isso pra voce.

Seria um prazer.

juliana.macielfernandes@gmail.com

Att

Susana Almeida disse...

Terminei de ler o livro agora! Estou encanta pela forma como vc transformou sua dor em uma linda história... Parabéns pela força e desejo toda felicidade do mundo a vcs!!!!

Gabriela Padula disse...

Cris,me perdoe a íntimidade.
Que blog lindo,acompanho e me emociono a cada comentário e post.
Nunca vim te parabenizar,mas é inevitável.Átravez do hoje vou assim te admiro como mulher e me inspiro,mas com pequenas frases você consegue me emocionar neste blog.Que delicia!!!

Aline e Júlia disse...

passei para conhece-los
e ja que ele tm um pai precisa sempre lembrar disso né. achei fofo como ele perguntou!

bjus

Carolyne M. Fernandes disse...

Boa tarde!
Por algum motivo bom, cheguei ao seu blog, ao pular de blog em blog.
E que bom que cheguei aqui!

Deus se faz presente em todos os detalhes, que a gente as vezes não percebe.
Isso é fato e este é mais que um exemplo disso.

Cris, sua força e coragem deveriam ser exemplos para o mundo!

Seus filho irá ter orgulho dos pais, e isso terá graças ao seu papel brilhante de mãe.

Parabéns...

Deus ilumine sempre seus caminhos!

Lari disse...

Francisco já é muito amado por todos nós.
Esse amor do Guilherme pela vida é bonito demais, dói demais.

Sandra Leite disse...

Seu blog dói de tão lindo...

Paula Dultra disse...

ai cris!
meu olho encheu de lágrima aqui.
seu coração deve ter apertado, né?
:(

mas é super importante isso dele ja saber expressar assim

Lua disse...

Eu não conheço você. Entrei por acaso aqui, no seu pedacinho de compartilhar. E chorei, desculpa. Chorei ao ver a foto do pai do Chico, por que me imaginei você, sentindo falta desse olhar dele te olhando...
E quis fazer disso palavras, pra compartilhar.
De longe, Lua.

Lis Bastos disse...

Cris
O Guilherme era realmente parecido com o ator Joaõ Miguel... só agora posso imaginar o que vc sentiu quando o conheceu.
Parabéns pela sua sinceridade com o Francisco...
Bjos no seu core.

Patricia disse...

Cris... vc me leva as lágrimas toda vez q t leio, ou melhor, hj foi o Cisco que me fez isso... Ele tem um pai sim, que deve estar pra lá de orgulhoso de saber como vc o mantém vivo no coração de todos... Dói ler, emociona, imagino como seria ouvir isso de uma criança tão pequena... me coloco no teu lugar e fico tentando imaginar de onde surge tanta força.. e imediatamente me vem a resposta, que só pode ser do amor q sentia pelo Gui e pelo Francisco... Estou aqui no RS, mas pode saber q AMO vcs!!!

Mariana Mesquita disse...

http://letras.terra.com.br/silverio-pessoa/1539484/

Acho esse ator tão parecido com as fotos que vejo dele...

Parabéns pelo blog, sempre me emociono quando entro aqui!