segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Heranças.


Do meu pai:

a boca
as pernas tortas
o gosto pela rotina
gostar de cafuné
escrever
saber rir de si mesmo
um pulôver mostarda de gola alta que uma vez quis dar para o seu pai mas ele não gostou

Da minha mãe:

os joelhos
caninos salientes
olhos grandes
a mania de falar andando
o barulho da risada
cabelos brancos
a paixão por biscoito Leque da Confeitaria Colombo
gordura localizada na barriga
certa ingenuidade

Dos dois:
pernas finas
varizes
o nariz atrevido

Da mãe do meu pai:
a audácia
a independência
o humor
o amor pelos animais
inteligência e curiosidade
a braveza
obsessão pelo vestir
o senso crítico
um anel de ouro que foi presente do meu avô
uma pulseira de côco e ouro com uma figa
a elegância
risos
doçura
vitalidade
não ter medo do ridículo
as longas despedidas

Da mãe da minha mãe:
uma sina que eu não quis levar comigo

Do seu pai:
delicadeza
amor pelos amigos
amor dos amigos
a família
você
o indizível

Não sei de quem:

sobrancelhas a km de distância dos olhos
tatuagens
e esse otimismo que insiste
(esse eu quero deixar pra você, filho)

28 comentários:

Karina disse...

todos os que passam pelas nossas vidas deixam algo

Bel disse...

Que herança mais preciosa vocë herdará, Francisco! Ou melhor, que herança mais poderosa vocë já herdou! Espalhe-a por aí, ao seu redor...como semente! Porque sua mãe assim faz!
Fez em mim... porque faz primeiro em si!
Um beijo nos dois!
Bel.

Dani Barcelos disse...

Com certeza as melhores!!! Feliz será o Francisco quando falar das heranças dele!!!!
Bjinhosss

Camila Florêncio disse...

Bom balanço para se fazer...

Ah sei lá... disse...

O melhor é o "não sei de quem"! rs
li o post com o sorriso se abrindo mais e mais a cada linha... lembrando de minhas próprias heranças...obrigada por isso! =)

beijos

inté.

Adriana ,Sofya e Emanuelle disse...

Olá

Sempre estou aqui!

Hj quis comentar!

O mais importante de isso tudo que você tem é o OTIMISMO...

Esse tem que ter sempre.


venha conhecer minhas meninas, minha história...Cuido delas sozinha tb...


Bjs,

M. disse...

E da Cris:

Um otimismo que a cada post me faz me sentir uma pessoa melhor.

Uma coragem de falar e vestir o que quiser.

Obrigada, Cris!
Um beijo
Marisa
(TX)

Dri_ disse...

E essa fofurice é sua mesmo, né?

Eu sou a Fab's! disse...

No fds escrevi um texto sobre as heranças do meu avô materno que não conheci. O não saber assobiar, o medo de ponte, entre outras...
Ainda não tive coragem de postá-lo, qq hora dessas largo meus fantasmas e divido minhas heranças.
Parabéns pela coragem.
Te ler é sempre uma delícia.

SGi/Sonia disse...

Cris pra variar, muito bom.
Tô tentando agora juntar os fragmentos da minha família pra saber de quem é o que...

Beijins

carol disse...

Nós somos a soma de todas as pessoas que conhecemos...
Você muda a tribo, a tribo muda você...

Biana França disse...

Tão bom saber que somos parte de alguém que nos amou ou nos ama. Que seremos eternos...sempre penso dessa forma, que eu terei filhos, netos...e esses serão a eternização dos meus pais, dos pais de meus pais...
Amei, Cris.

Le Vin au Blog disse...

Que ótima idéia. Posso copiar?
Beijos e muitas felicidades para vocês!
Rafaela G.

Gabriela disse...

Ai Cris muuuuito obrigada =D

Ajudou aos montes...

Beijos, fica com Deus.

Luiz Felipe Leal disse...

vc também é tão indizível.

somos todos, quem sabe.

abraços.

Roberta disse...

"eu sou a soma de tudo o que vejo"
Lembrei enquanto lia os comentários. Mas vim dizer que:

Estranho (ou vai lá saber q palavra pode ser melhor empregada aqui!) vc dizer, justo HJ, q tem os joelhos da sua mãe... Há tempos tinha reparado uma coisa e ontem mesmo, vendo o hojevouassim, comentei com minha irmã: irmã, olha os jolehos dela! são iguais aos da (minha) mãe!

[ e ela mora aqui pertinho de mim, num bairro vizinho... e faz tanto tempo q n a vejo... "/ ]


Boas noites, herdeira Cris!

Nina disse...

Seu blog, sua história, estiveram por tantos lugares por onde ando, mas só hoje, sozinha, o descobri.
Li tudo. Lindo! Triste. Alegre.

Muito bom!
beijos,

http://meninadecachos.blogspot.com/

Rebecca P. disse...

Nós somos intermináveis...

carol. disse...

de você (sem grau de parentesco):
acreditar que posso tirar da gaveta o que sabia existir,mas,não deixava existir fora dela.

obrigada por me fazer começar.

p.s: você é tão doce.
admiro pessoas que tem um coração tatuado.
um dia uma pessoa me parou na rua e disse: "eu preciso te conhecer.eu preciso conhecer alguém que tenha tatuado um coração. pessoa que tatua coração é pessoa que tem que ser conhecida."
um dia eu quero te conhecer.


um beijo grande e muito amor!

Renata Rocha disse...

Gata nunca te vi pessoalmente mas pelas fotos a impressão é que vc é seca! Gordurinha localizada na barriga? Pago para ver hahahaha...
Um beijo

Lu disse...

Oi Cris!

Deixei um selo para vc no meu blog, sempre me emociono com o q vc escreve!

Passa lá e pega, tá?

Bjs!

pri_baunilha disse...

Você esqueceu de dizer de quem herdou toda essa sensibilidade e inspiração. Cada texto seu me faz lavar a alma e mergulhar dentro de mim mesma e dizer: "é simples mais é profundo, lindo, rico". Que Deus continue te iluminando e te enriquecendo com essas boas heranças.

Bjos!

Lari_Xavier disse...

Cris, bom pra pensar, essa q vc nos preparou, herança é oq nao falta na vida de ninguem, seja ela boa ou ruim, acaba sempre se tornando uma lembrança... pois faz lembrar de quemm a herdamos...

Bjão pra vc e pro cisco

itsgoodtobme disse...

Cris, quantos tesouros você herdou! E o Cisco também!

E muitos outros tesouros você nos dá cada vez que escreve aqui.

Beijo! Lila.

Julia disse...

Cris é surpreendente a tua forma de ver as coisas, o mundo...gosto muito de vc mesmo sem te conhecer vc me ensina muito. beijos

Veronica Luz disse...

Cris você é um ser humano lindo!!!

Daniela Moreno disse...

Acho que é a primeira vez que posto, apesar de lê-la todos os dias!!! te adoro! Fiz uma coisinha... botei play em Imagine e li teu post "Herança"... não pude conter as lágrimas!! Vc é demais!!!
beijo

Sentimental ♥ disse...

e deixar 'esse otimismo q insite' para o Francisco é a melhor herança q existe, além de ter uma mãe fantástica e um pai super presente espiritualmente.
beijos