quarta-feira, 14 de abril de 2010

Duas rodas.



No último domingo, fomos juntos andar na praça: eu, você e sua nova bicicleta. Nova e a primeira. Em pouco tempo, você foi pedalando até se distanciar de mim. Seguro e decidido sobre as duas rodas. Fiquei sentada assistindo você lá de longe. Meu menino crescendo. Como é possível, filho? O mundo e o tempo rodam rápido demais. E cabe tanto amor em cada segundo.

Ilustração: Anna Cunha.

16 comentários:

Pat Siciliano disse...

A gente só vê que eles cresceram assim no susto, quando eles fazem alguma coisa inesperada e surpreendente, ou a gente olha aquele bebê dormindo e o berço está pequeno... Você se pergunta cadê o seu filhotinho? Eu sim...
Sou muito fã de vocês. Obrigada por partilhar tudo isso que é o Francisco nesse espaço, conosco.
Bj

HARLYSTAS - RIO GRANDE DO SUL disse...

Super "XICO",
Acompanhamos tuas aventuras a distância. O mais maluco de tudo é que nos sentimos muito próximos de ti, das tuas descobertas. Um grande abraço do tamanho do mundo ! REI HARLYSTAS RS

PS.: Vai treinando na "BICI" para quando ficar maior cruzar o mundo.

Nínive Lage disse...

Queria ter te espreitado.

Lhes vendo, lhe ver.

Lhes vendo, ele sorrir.

Lhes vendo, você sorrir do sorriso dele.


Vai mamãe, sorri e mostra a que veio.


Muah!

http://memorialemflor.blogspot.com/

Confissões de uma Balzaquiana... disse...

Ah, Cris!
Tanto amor! Cabe sim. Cada dia mais.
Beijo.

Nanda Assis disse...

que lindo suas declarações a seu filho, adoro, me emociona.

bjosss...

Mah disse...

coisa mais linda!

= )

beijo!

Nathy disse...

Já nadei lendo alguns posts seu. É muita sensibilidade muito lindo mesmo! Fico imaginando seu filho lendo isso daqui alguns anos. Parabéns!!!! :)

zuleid disse...

...é que nossa alma se expande tanto quanto nosso amor...
Francisco, aprenda a se equilibrar nas rodas da bici prá se manter assim nas rodas da vida!
Bjs!!!

LUARES DE LILITH disse...

Nove meses parecem muito tempo para esperar um bebê. Mas num piscar de olhos ele já está em nossos braços. E o tempo que se segue, não dá tempo nem de piscar, só amá-los cada vez mais.

anel disse...

te mandei e-mail. vc é tanto amor.

Priscila Rôde disse...

E transborda...

BeL Albuquerque disse...

Emoção

http://www.youtube.com/watch?v=kSukRfrHBog&NR=1

Sempre!

Bjux Cris e Cisco

Iza disse...

Um olhar de mãe.
Tão linda, a sua percepção, Cris.
O amor atravessa o tempo.
Somos testemunhas da história sua e do Francisco, que delicadamente, você descobre e revela para nós.

Kiki disse...

Olá, Cris. Impressionante como o Francisco (na foto no post anterior) é a cara de tudo isso: amor+compreesão+entendimento+dor de perda+sua capacidade de reacordar+força+coragem....+um monte de outras coisas.
Parabéns hoje e sempre.....grande abraço pra vsc dois

Minha Vida disse...

Aeeee, Francisco. Parabéns por mais esse aprendizado. Enquanto a você Cris, bom trabalho seu filho esta se tornando um homenzinho muito esperto.
Bom trabalho..
bjos

Ana, A menina que roubava idéias disse...

Oi Cris,

É só o começo!!!
Estou atordoada!
O Vitor, com 11 anos viajou sozinho para a Itália, já vai para festinha, não quer que o pai dê beijo na frente dos colegas mas quer lutar com ele em casa, já está quase dando o primeiro selinho...
É louco e é rápido.