quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Ouvidinho bom.

Hoje você ouviu um disco novo comigo: "Dinah Washington plays the standards". Mal o cd começou e você já começou a cantar. Sinal de aprovação. E dessa vez eu nem estava cantando junto. Dançamos do jeitinho que eu dançava com o seu pai — eu tentando dar os passinhos que há muito esqueci. Difícil não ter os passos dele para acompanhar. Agora é você quem acompanha os meus. Mas é bom, intenso, delicioso: sou eu grávida de você de novo. Vamos fazer isso enquanto eu agüentar carregar você. Depois a gente troca. Amor.

5 comentários:

Anônimo disse...

Ei Cris
Todos os dias passeio por aqui.
É tudo tão lindo, tão intenso, tão tudo que nem sei explicar.
Acho mágica a maneira como você conduz algo tão difícil...
Mas é isso aí !
Estamos em falta, ainda não conhecemos o Cisco, pessoalmente né ?
Mas ja sou íntima dele por aqui e pelas notícias de D. Marina.
Beijo grande, mesmo não tão presentes, estamos sempre aqui para o que der e vier.
Beijo grande em vocês dois.
Vanessa e Renato.

Ana disse...

Lindinho, cantando! Saudades daquela vozinha. Beijos

Pequena disse...

Vanessa querida, que bom te ver por aqui. Fico muito feliz. Venha sempre. Só posso dizer que o Cisco é ainda mais lindo do que eu o retrato aqui. Você e Renato precisam conhecê-lo. Quatro beijos pra vocês, dois meus e dois dele, dois para cada um.

tiago bossi disse...

Menina, saudades da sua risada gostosa. Bjo (mande um para o Cisco tb).

Pequena disse...

Querido, saudade tenho eu de você. Manda uma mensagem pro meu celular com seu email?