sexta-feira, 16 de maio de 2008

A vida é uma ilha desconhecida.

“Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar”, diz o Saramago no livro “O conto da ilha desconhecida”. Em março de 2005, dois anos antes de você nascer, dei esse livro para o seu pai. Na dedicatória, escrevi assim: “Aonde quer que você vá, por ilhas visitadas ou desconhecidas, em busca de seja lá o que for, leve com você o meu gostar.” Espero que ele tenha feito o que pedi.

12 comentários:

Kell disse...

Tenho certeza que ele fez...
Beijos. Pra você e pro Francisco.

Anônimo disse...

leve com vc o meu gostar

gostei!

um bom final de semana.

bjus da fã gaúcha

Nandinha... disse...

É acho mesmo que seria inevitável pra ele...

Eu de novo, gostaria de dizer só que não comento sempre pq como em outros comentarios Cris, me sinto uma intrusa lendo as coisas do Francisco, mas que inevitavelmente estou sempre aqui, pra ver a sua força, pra eu poder tirar as minhas forças...

Momentos dificeis por aqui e vendo vc que já passou tudo isso e tá ai linda e forte me da forças pra tentar enfrentar a avalanche que se forma a minha frente sem que eu possa evitar, 8 meses como mãe foi muito pouco pra mim, 20 anos como filha tambem vai ser.

Bjus e abraços apertados em vc e no Francisco.

Taís disse...

Queria ser assim no meu relacionamento, meio 'desapegada'.
Tu deixou ele tão livre!!Mas uma liberdade amorosa, e não uma liberdade de quem não se importa...
Sei lá como explicar, só sei que
mexeu algo aqui em mim.
Beijos e bom final de semana.

Nina disse...

To aqui olhando a barra piscante pra comentar. Não sai nada Cris..
sei lá, essas coisas doem um pouco. Dói pensar na ida de alguém, assim, sabe? alguém que tem um livro do Saramago e tem uma dedicatória carinhosa lá, pra lembrar que tem que levar o gostar de alguém, e de repente assim, de repente mesmo, tem que fazer uma viagem e não pode colocar nada na mala. sabe? isso não deveria acontecer. Apesar de eu sentir que ele levou esse gostar, mas as palavras estão lá, as palavras do Saramago, as suas... desculpa, mas isso tudo aí me emociona. Bjs pra ti.

Bárbara M.P. disse...

Estou certa de que ele levou consigo todo esse gostar, querida.

Um final de semana de flores e luz.

Beijo
Bárbara

Renata Rocha disse...

De uma coisa vc pode ter certeza: ele fez e tem feito o que vc pediu.
Um beijo pequena

Anônimo disse...

Que Lindo cris, como no e-mail que te escrevi não tem como não se abaixonar por essa historia, ver vc forte faz com que todas e todos nós leitores tenhamos força...
Estou cada dia mais me surpreendendo e aprendendo muito com sua historia, e com a historia do Francisco, ah e sem contar com a historia do Gui, pq a Historia dele nunk vai acabar enquanto existir esse amor, que vc transborda por ele,essa chama entre vcs vai estar sempre acessa tenho certeza disso.
Como diz aquela frase naum sei de quem é tudo que é bom dura pouco, mas o suficiente pra se tornar inesquecivel.
E o Gui vive a cada palavra dita por vc !!!
Parabens
Ps:se naum for pedir muito coloque mais fotos !!! ;)

Bjus e bom fim de semana pra vc e pro Cisco

Luciana disse...

Tenho lido seu blog e a delicadeza e poesia com que você escreve tem me impressionado.
Você e seu bebê são lindos!!!
Tenho uma filha da sua idade e como outras milhares de pessoas me identifico com sua dor e seu amor.
Parabéns! Conhecê-la foi um prazer!

Silvia disse...

Cris,

Eu amo esse livrinho (pequeno apenas no tamanho). Já o dei de presente para muitas pessoas que amo. A citação que você fez foi a primeira a me chamar atenção, mas toda a história de encontrar um amor e um novo mundo me encanta.

Continuo torcendo para que sua viagem e suas descobertas junto ao lindo Francisco seja muito feliz!

Beijo com carinho,
Silvia

Aline Pedrosa disse...

Que lindoooooooooooooooo...vi falando do seu blog na folha de São Paulo mas, sou cearense...estou aqui na redação comentando sobre o seu lindo gesto...não tenho pai e portanto me sinto um pouco como o Francisco...mas, levo comigo a certeza de que tive simmmmmmmmmm e ainda tenhu um paizão lindo e maravilhoso que olha por mim todos os dias.Se cuida e dá todo amor a esse lindo pequeno.Fica com DEUS

barbara disse...

Quase nunca sublinho livros. Não por regra própria ou quaisquer motivos obtusos. Não sublinho e só. De todos os meus livros, o único que tenho sublinhado é este, em que está sublinhada exatamente esta frase. Você é sabida, menina! Seu brilho é legal. Keep Shining!