sábado, 6 de outubro de 2007

All my loving.



Hoje seu pai faria 39 anos. Se estivesse aqui, eu daria um jeito de acordar mais cedo que ele, pegaria você no colo e iríamos os dois acordá-lo com beijos, babas e um presente escolhido com muito carinho. Ou talvez isso se tornasse um hábito diário, e não privilégio dos aniversários. Como ele não está mais aqui, deixo de presente a alegria de saber que há uma semana você começou a se arrastar e logo vai estar engatinhando. Pensando nele, acabamos de dançar de rostinho colado, eu e você, como fazemos quase todas as manhãs. Dessa vez a música era "All my loving", dos Beatles, na voz da Rita Lee. "Remember I'll always be true." Como sempre, em alguns momentos você cantarolou - no tom. Assim multiplicamos o amor que sentimos um pelo outro e mandamos para seu pai a energia de amor mais forte do mundo. And all our loving we'll send to you. Meu amorzinho. Meu pequeno grande amor.

10 comentários:

Thais disse...

Cris,
definitivamente, você não é deste mundo! Mas de um outro onde o bom humor e as divagações sobre as mínimas coisas da vida fazem encher de alegria quem convive com vc. Te adoro.
Bjs
Thaís

Pequena disse...

Querida. Muito querida.

renata fernandes disse...

"...ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da sua propria história.É atravessar desertos fora de si mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma..."
assim como Pessoa ,vç se tornou autora da sua história...
tudo de bom pra vç e para o Francisco.

Pequena disse...

:) Obrigada e tudo de bom pra você também, Renata. Nos conhecemos ou você chegou aqui por acaso?

Anônimo disse...

nossa, imagino o tanto que deve ser ruim estar sem o seu amor numa data assim, que bom que vc tem o Francisco, ele se foi mas deixou o melhor presente pra vc né!! Sei bem o que é perder um amor... sofro como vc!!!
não canso de dizer que seu blog é perfeito!!!

A simplicista... disse...

Oi! Você não me conhece. Cheguei aqui por esses caminhos de internet, vi seu blog das roupinhas (fantásticas) que você usa para trabalhar e resolvi visitar esse aqui por causa do nome, tão lindo.
Chorei quando comecei a ler e só agora, uma semana depois de conhecê-la, tive coragem para escrever. Na verdade, para agradecer. Sua história me relembrou a não perder tempo com bobagens, suas palavras iluminaram um pouquinho minha cabeça meio zonza, sua força me fizeram respirar. Obrigada.
Estou torcendo por você e pelo Francisco.

Ale -Lain disse...

É lindo. Tudo. abraços pra vc.

Adriana disse...

Cris,
Você é linda, o Gui tinha toda razão.
Um beijo,
Dri

Ana disse...

Fico feliz que vocês tenham passado esse dia com alegria!

Redatozim disse...

Parabéns pro Gui, comemorado com papos de anjo para adoçar, mas um capeta pra dar pique e não deixar tudo muito light.