quinta-feira, 12 de junho de 2008

12 de junho.

Hoje é dia dos namorados, filho. Uma data inventada para vender mais flores, jóias, perfumes, roupas, cartões românticos e todo tipo de produto que possa acompanhar ou substituir um carinho. A despeito de ter sido inventada para esse fim, esse dia acaba lembrando às pessoas sobre uma coisa importante: o amor. Parece incrível, filho, mas quando a vida nos engole isso chega a acontecer. Por duas únicas vezes eu e seu pai passamos juntos o 12 de junho. Mas, incrível, em nenhum deles estávamos oficialmente namorando. Tivemos uma história assim, com algumas idas e muitas vindas. Estivemos separados, embora o tempo todo juntos. Também não me lembro de algum presente que ele tenha me dado em datas como aniversário ou Natal, como manda o figurino. Foram todos fora de hora. Às vezes porque ele se apaixonava pelo presente, às vezes porque via meu olhar apaixonado diante de uma vitrine. Observava, com aqueles olhos amorosos, depois fazia o carinho. Eu podia não estar atenta. Ele sempre estava. Um charme do seu pai, que fazia mais gostosa a vida ao lado dele. Fazer da rotina uma surpresa. Até aquela manhã de sol, quando o que parecia ser começo virou fim. Você devolveu: o que parecia ser fim era só o começo. Surpresa, mais uma vez. Feliz dia dos namorados, meu presente mais querido.

47 comentários:

Zaah disse...

Cris, sua história me comove, me emociona. Minha mãe já até disse, que estou vidrada no seu blog, acho que isso a preocupa um pouco.
(RS)

Sabe, eu passei a me colocar no seu lugar, e não aceito a morte do Guilherme, sinto como se a qualquer momento ele fosse voltar, como se tivesse feito uma viagem longa, e quando para pra pensar que isso não vai acontecer, fico triste.
Me desculpe por dizer isso para você,
mas eu precisava falar isso pra alguém,
e você é a pessoa mais apropriada pra
isso.
=D

Tenha uma ótima noite. Beijos.

Eu sei disse...

Oi Criiiis!
Eu amei!

E fiquei tao feliz qdo vi vc na Gloss q dei um grito no meio do departamento heheheh

Parabéns! Q essas conquistas sejam diárias!!

Um bjo

QUITÉRIA Design disse...

Que lindo Cris! Esse foi o maior presente de amor!!!! O filho de vocês!
Estou com saudades de ver foto dele!! :-))
bjs,
Renata

Ana Paula Soldi disse...

Cris, é tao doce como você escreve...adoro entrar aqui e quando leio os textos me dá uma paz.
Realmente te desejo tudo de bom, adoraria te conhecer algum dia seria um prazer.
beijos

Ana

Érika Pereira disse...

Puro comércio!!!
fazer o que né, faz perte do sistema!

legal seu blog

bjs

Cristiana disse...

Cris, nos EUA, acho que em outras partes do mundo também, o dia dos namorados é também o dia dos amigos, o dia do amor em geral. Isso é o mais importante. Demonstrar carinho para todos que nos deixam a cada dia mais felizes, mais necessários. Parabéns pra você e Cisco! Beijos, Cris.

Jú Sun disse...

Cris,

As sua doces palavras e cheio de boas energias, nós faz sempre lembrar que devemos sempre regar e cuidar do amor companheiro, amigo, familia e pessoas queridas.

Tenha um otimo final de semana para você e o seu *bebexinho gotosso*

bjks
Ju

Danielle Ribeiro disse...

Concordo com você Cris...
Meu dia dos namorados por exemplo,vai ser hoje.
Meu esposo trabalha tanto...
Beijnhus...
;)

Taís disse...

Dia 12 é dia pra celebrar o amor, seja ele do jeito que for,nem que seja de uma mãe pelo seu filho.

Bjs

Carol e Gustavo disse...

Bom dia Cris.
Descobri seu blog segunda feira, e desde então já o li inteirinho. Alguns textos mais de uma vez. Fiquei bastante impressionada e comovida com a história de vocês.
Como pode uma mesma história ser tão triste e tão bonita?
O Cisco é lindo! Perfeito! Parabéns a vocês dois (Cris e Gui) por terem feito com tanto amor ele que hoje é uma verdadeira prova de tudo o que aconteceu entre vocês!
Beijos.
Carol.

Pri... disse...

E esse Blog é um presente pro Francisco. Só não é mais valioso do q seu amor, seu exemplo como ser humano. Mas é um reflexo de tudo isso. Um registro dos sentimentos que não são apenas da mãe, mas da mulher, do ser humano.

Passo aqui diariamente, apesar de não comentar sempre. E todos os dias fecho a página do navegador feliz por existirem pessoas como vc.

Bom fim de semana! :-)

Bianca disse...

Cris, não tem presente maior que esse, não é???
Seu blog é único, lindo, original...
Suas histórias são magníficas, eu adoro.

E dia dos namorados?!?!...
São todos os dias!
Um beijo para você e outro para Francisco.
Bianca

franciana disse...

Boa tarde!! Li sua reportagem na revista seleçoes, e desde dia comecei a aprender muita coisa com sua historia... Uma historia que tem dois lados, um tragico e outro magico e unico. Admiro sua força, sua coragem e seu amor absoluto pelo seu pequeno Francisco, que com certeza será uma grande pessoa. Tenho 27 anos sou casada e tenho dois filhos pequenos e com sua historia comecei a reconhecer a grande importancia de escrevermos sobre suas vivências, recordaçoes e tudo mais. Parabens pela grande mulher e mae que voce é e por toda a sua superaçao. Abraços Franciana

helen disse...

Eu fico arrepediada de ver os dias que o cisco começar a ler esse blog.

Parabens pelo presente eterno que ganhou.

Beijos

Lydia disse...

Eu li o teu artigo publicado na Gloss. Você fala perfeitamento do amor.

Anônimo disse...

cris, eu li sobre sua história na revista seleções de junho/08, linda, comovente, chorei, mas amei.
Minha mãe perdeu um filho aos 27 anos de acidente de carro, faz 9 anos, ano passado meu pai faleceu, estamos juntas, tenho 40 anos solteira, sem filhos e moro com ela, tenho 03 sobrinhos maravilhosos, através da sabedoria de vida que minha mãe criou depois dessas duas perdas, eu me conformo um poquinho, mas a saudade ah, essa é muito forte, ela diz que perder um filho a saudade é insuportável, doi lá dentro, e não tem cura, o tempo ameniza, mas curar nunca.
Adorei sua história, desejo muita luz pro Francisco, e tire muitas, mas muitas fotos dele, porque é uma recordação maravilhosa, vi as suas, eu tenho milhares de fotos do meu pai, puxei a ele amo tirar fotos, se quiser ver, meu orkut é paulacarvalholima@yahoo.com.br, beijos paula lima.

Tatiana disse...

A capacidade de transformar a dor e algo tão sublime e tão doce faz de você uma pessoa iluminada, que sempre será amada e que merece todo amor que teve e terá!

Que a vida lhe compense pela ignorância que cultivamos a respeito de todas as perdas que sofremos, e que te permita ser feliz até o momento em que toda a dor se dissipará e tudo passará a fazer sentido!

Força!

Mariana disse...

Eu li teu artigo na revista Seleçoes do mês de junho, amei teu jeito de ecrever, e principalmente tua força e teu amor, para com o pequeno Francisco e para com o Gui.
Começei a ler teu blog hoje, e ja vi que vou ser uma visitante assídua aqui. =D

Parabéns!

Bia Galvão disse...

Poucas pessoas falam com tanta espontaneidade e doçura sobre o Amor como você.... E o melhor, independente do calendário!!!
ADORO estar aqui, lendo e relendo seus posts e compartilhando um pouco da sua bela história!!!
Sabe Cris, pode parecer estranho, mas é bom, muito bom...

Carinho,

Karen disse...

Cristiana,
Sou leitora do seu blog há bastante tempo e sempre me emocionei com seus posts. Hoje, um pouco mais de um mês após a perda de minha filha decidi criar um blog. Me inspirei em vc para nomeá-lo espero que não se importe.
Apesar de não serem situações muito semelhantes estamos vivendo uma grande perda em nossas vidas.
Beijo.

Maria dos Açores® disse...

Um beijo com muito Amor para ti e para o Cisco

SininhoH disse...

Que lindo Cristiana...
suas palavras me encantam!!

Adoro passar aqui...e me
perder horas no seu blog!!

Conheci a tão pouco tempo mas
já adoro!!

Beijos pra você e "para Francisco"!!

Luciane Loureiro de Mello disse...

Oi Cristiana,
Apaixonante voce e seus blogs, fico lendo, pensando, aprendendo...quem me dera saber escrever assim, tao bonito!! Nossa...lindo mesmo!! beijo pra vcs

mi pinheiro ' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mi pinheiro ' disse...

' oie cris, tudo bem?!
li uma "matéria" na revista gloss que comentava sobre seu blog, dai resolvi entrar pra conferir...me emocionei em ler cada palavra escrita por você...
o que me identifiquei, se é que assim posso dizer e que qnd resolvi fazer meu blog não tinha dentro do mim o seu real sentido, sua real finalidade, dai "perdi" uma pessoa especial que me fazia sentido. Daí pra frente resolvi usa-lo para expor o que eu sinto qnd mais me sinto sozinha. Claro que eu não escrevo nem 1/3 do que vc escreve, o que quero dizer é que lá escrevo os meus dias, minhas emoções, se isso é ou não o que vc quer dizer aqui eu não sei(rsrsrsrs)o que eu sei é que suas palavras me passaram algum ensinamento.
BeijO
Bom inal e semana, Flor!

Lari_Xavier disse...

Cris
Lindo post mais uma vez aqui estou, vc disse tudo mesmo, as pessoas não pensam no dia dos namorados, sem saber dar presente. Acho q no fim tudo acaba perdendo o valor.
Juro a vc querida q eu sou mais tomar um sorvetinho sentado na praça com a companhia dele, do que um monte de presentes. Presente é bom mais naum precisa ter hora e data marcada.

Bjus
Mais uma vez meus parabens, saudades das fotografias sua e do Cisquinho

Bom fim de semana

emilia disse...

A vida nem sempre nos sorri, nem sempre é justa, nem sempre nos permite ser felizes... contudo, o maior sábio é aquele que aproveita as pequenas coisas e tenta construir a sua própria felicidade, aproveitando cada momento com toda a intensidade e emoção, dizendo sim, quando a vida teima em dizer não... portanto espero que você continue aproveitando todos os momentos e continue partilhando as suas emoções... pois nós, meros espectadores continuaremos a rejubilar com as suas memórias, e tentaremos construir a nossa felicidade contornando e derrubando os obstáculos que nos forem surgindo.
Sou portuguesa, professora e acima de tudo mãe e mulher, consulto seu blogue diariamente, pois é para mim uma fonte de inspiração... parabéns

Anônimo disse...

Olá Cristiana.

Vi sua história na revista Seleções que meu pai é assinante.
Me comovi e chorei muito com ela. Isso me deu a vontade de vir ler seu blog.
É como seu eu estivesse passando por isso sem estar passando, é uma sensação estranha é como se eu pudesse pegar um pouco da sua dor por ter perdido o Guilherme e pegado um pouco de sua alegria com a chegada do Francisco.
Mas quero te desejar tudo de bom, ha e esta muito bom seu blog.


Beijos
Juliana.

Pensamentos Femininos disse...

Oi Cris, se é que posso tratá-la assim.

Tudo bem?

Li a reportagem sobre seu filho Francisco na GLOSS.
E na GLOSS desse mês li o artigo que você escreveu sobre amor e me interessei bastante, tanto que até coloquei alguns trechos no meu perfil de orkut, assinado com seu nome.

12 de Junho, um texto muito lindo. Dê muitos beijinhos em seu filho por mim, já tenho carinho por ele, sem ao menos conhecê-lo.

Tenho o desejo de fazer faculdade de Jornalismo e me interesso muito pela área de Revistas e sites. Escrever é um dom , modestia a parte. Sei que tenho muito o que aprender ainda, mas quem nasceu sabendo, não é verdade?

Um grande beijo para você. "Para Francisco" está na lista dos meus favoritos.

Ariane Garcia.

Maria Luiza disse...

sua história é linda,
sua família é linda..
e pelo jeito vocês tem um anjo ;)
felicidades sempre, escreva muito para eu ler!

um beijo :*

Mariii Leite disse...

Olá!

já tinha visto teu blog na Revista Gloss, mas só hoje o visitei pela primeira vez. Fiquei emocionada ao ler sobre o amor que você sente pelo teu filho e pelo pai dele. Enquanto lia tuas lindas palavras pensava: - "Legal, esse é o tipo de mãe que eu quero ser". Como se mãe se dividisse em categorias, ainda que não se divida. Tuas palavras são lindas, não apenas pelo que você diz explicitamente, mas também pelo que a gente sente e percebe subentendido. Também tenho um amor, mas minha racionalidade não me permite falar dele como você fala do teu. E é em um amor assim que quero acreditar!

Anônimo disse...

Cris,

Simplesmente emocionante a sua história!
Não sei direito em que ponto da história mas me identifiquei, sofri, chorei, ri... me emocionei com cada linha! Tenho um "Gui" na minha vida também... e tudo está acontecendo rápido e intenso... quero aproveitar cada momento como se fosse o último! Nunca vou esquecer a história de amor de vocês... e desejo de todo coração que vocês seja eternamente felizes! Bjos Kedima Sbalqueiro ( kedi_sbal@hotmail.com )

Tati disse...

Cris,
também li sua história na revista Seleções. A matéria, o seu blog... tudo é de uma sensibilidade linda e comovente!
Cada palavra para o Franscisco tem um carinho, uma poesia de encher os olhos de lágrimas! Seu filho tem motivos de sobra para ter muito orgulho de você!

Taisa disse...

O presente mais absoluto e grandioso. Como diz a Alice: "-Do tamanho do infinito!" Beijos pra vocês querida. Taisa Lima.

Danielle Ribeiro disse...

Cris!
vc tem orkut???
Não é pra pedir add não... ;)
Queria só ver mais fotos suas...
Se tiver manda aê pra galera e não bloquei a o álbum não tá?!rsrsrs

dani disse...

Olá,
Tarde de sexta passada fui passear com meu filho. Moro perto de campinas e por acaso dei de cara com uma mensagem publicitária que havia visto no seu blog.Uma criança deitada ao lado de sua mãe, sugerindo delicadamente um lugar para se viver. Lembrei de você, da sua história. Neste dia estavamos a procura de algo palpável para "trocar"com meu amor/namorado. Moro sozinha com meu filho, e o que perdi foi o caminho do coração de alguém.
Refazer caminhos, se alegrar por encontros é o que desejo para você...
bjs
dani

Anônimo disse...

Algo comovente, um filho, como nos inspira, e sempre nos traz algo novo, as vezes uma ideia, um sorriso... e percebo que pra você, foram as ideias, as tantas ideias postadas nesse blog, e as tantas outras ainda em sua mente, parabens.

Na cor lilás! disse...

Ei Cris,

Descobri vc esses dias atrás e de lá pra cá me apaixonei pelos seus blogs. Vc é realmente muito forte e corajosa viu??? Pessoa rara...

O "Hoje eu vou assim" é tudooo de bom... lindo, as roupas são lindas tb. Pena que não posso aproveitar o "Filet para quem é mignon" pq não sou tão mignon...rsrsrsrs Vi a calça colcci, mas visto 38...afffff!!!! Quem sabe não dá para aproveitar um vestidinho né??? De qualquer forma vou estar sempre atenta..srsrrs Tudo de bom Cris, vc é uma pessoa que realmente merece. Super beijos da tb mineira Sue Helen.

Lorena Gripp disse...

1ª visita ao seu blog!
Chorei feito uma corna! Chorei e ri ao mesmo tempo.
Impressionante a sua força. Comovente. Bonito de ver. Bonito de ler. Bonito de sentir.
Muita luz, paz e muito sucesso na sua longa vida!
Beijos no Francisco e beijos em você!

Elisa disse...

Linda história, lindo blog, vibrações positivas p vc, pro seu filho! Estou adorando entrar um pouquinho no seu mundo. Parabéns por toda a luta e continue seguindo! bjo

Anônimo disse...

Viva o amor!
Viva a chance de amar, mesmo que brevemente.
Parabéns pelo filho lindo, que é um presentão.
Parabéns por ser forte, por ser VIVA, por ser feliz.

Que Deus te ilumine, sempre.

Kelly Passos disse...

Será que um dia conseguirei escrever dessa forma para o meu filho, quando eu o tiver????

Para mim, vc é um exemplo de mão...algo que quero seguir....

Adorei vê-la na Gloss novamente

Bjos!

Carlinha Said disse...

Palavras doces num dia tão comecial...


Dia dos namorados são todos os dias...

Vamos celebrar o amor a cada minuto.....


beijos, querida...beijos querido

Tatiana disse...

Adorável surpresa conhecer esse blog. Fique bem!

Luciane Loureiro de Mello disse...

Legal... se parecem mesmo, o seu era mais bonito!
Cristiana, perdi meu irmao em 2005 e tempos depois dizerram que tinha uma pagina dele no orkut, eu sabia que so podia ser alguem parecido, ele nao existia mais, era fato, mas fui atras e nao parei ate achar a tal pagina e o cara nem parecido com ele era, eu queria ver ele de novo, mas... nem muitas fotos eu tenho, mas fico procurando ele...as vezes na boca de um, no olhar de outro, no cabelo, na voz ... talvez vc saiba do que eu estou falando...tudo de bom pra vc

Cláudia Werneck disse...

Cris

Não estamos preparados para nos separar daqueles a quem tanto amamos... não adianta dizer que foram cedo, ou que viveram bem... simplesmente não estamos, nunca! Que bom seria estarmos eternamente juntos, mas, como isto não é possível, o que podemos fazer é dizer o quanto os amamos a cada dia... como você conta em sua história, que é muito cheia de amor e ternura.
Sou mãe de três criaturas maravilhosas: Carolina – foi quem me apresentou seu blog, ama e lê sempre... uma menina cheia de delicadeza de corpo e alma, que cresceu me ouvindo cantar: “Menininha”, do Vinícius, e hoje, aos 19 anos, conhece todas estas músicas, o que causa espanto em muita gente...rs
Tem também o Daniel, de 17 – futuro Engenheiro Ambiental, que ama os Beatles, porque ouviu estes CD”s desde sempre e ama a natureza porque assim aprendeu.
E a Giovana, que completou 12 anos no dia 6 de maio... uma linda loirinha de olhos azuis e cabelos compridos... doce como uma cocada...rs
Olha, quando a Gi tinha 14 meses, sofremos um acidente de trânsito e quase a perdi. Os médicos disseram que ela não sairia da UTI com vida e, se saísse, ficaria com seqüela por falta de oxigenação cerebral... mas eu sabia que isto não aconteceria, porque ela ainda tinha tudo pra me mostrar na vida... a primeira palavra com o r bem pronunciado, o primeiro dia na escola, o aprender a andar de bicicleta, roller... tantas cabaninhas, casinhas de boneca, cachorros, passarinhos...não, definitivamente não era o momento de me deixar apenas com aquela sensação de impotência diante dos fatos...
E ela abriu aqueles olhinhos azuis após 12 horas de coma... e sorriu... movimentou as mãozinhas... e eu tive certeza de que ela estava de volta...
Por isso entendo a sua dor... senti isto... e, acredite, mesmo por poucas horas, foi a dor mais forte de minha vida.
Mas tenho que lhe dizer que você é uma privilegiada... sim, porque poucas pessoas na vida têm a oportunidade de viver um grande amor como o seu... isto é raro, e não é por acaso... o Guilherme entrou em sua vida para deixar exatamente as marcas que deixou, e ficar exatamente o tempo que ficou...
Agora você guarda este amor e o vê crescer em seus braços dia após dia...
Nos esquecemos de dizer o quanto amamos as pessoas na rotina diária, e assim, quando se vão, temos a sensação de que algo ficou sem dizer... não foi seu caso.
Esteja certa de que, se forem almas gêmeas, com certeza se reencontrarão...e estarão além desta dimensão, juntos para sempre.

Fique com Deus!

. andressa ferraz . disse...

.

belíssimas as novas fotos!

.