quinta-feira, 5 de junho de 2008

Luxo.

Hoje acompanhei o caminhão de lixo no meu curto caminho até o trabalho. Enquanto recolhiam os sacos, os lixeiros corriam e sorriam. Achei tão bonito.

30 comentários:

Anônimo disse...

Segundo a SLU os lixeiros são os funcionários que menos dão trabalho para a empresa, pois são felizes e de bem com a vida. Correm 14 km / dia. Haja endorfina!

Cardume Design disse...

É tão bonito a gente saber ser feliz exercendo nossas funções...:)

Rose disse...

Interessante, eu sempre comento isso, felizes, felizes sempre! Vc não os vê de cara amarrada. Aliás não sei aí em BH, mas aqui no Rio além de sorrirem cantam que é uma beleza!

Anônimo disse...

Oi... Li sua matéria na Seleções hoje... Ai, como eu chorei, não por você, desculpe! Mas por mim, é uma coisa tãi idiota, mas tenho tanto medo de perder o meu amor, que é tão lindo, perfeito, irretocável, assim como o seu era. As vezes fico me perguntando o que eu fiz pra merecer um homem e uma amor tão maravilhoso ao meu lado, dá medo... É muita coisa pra se perder.
E sinto dor só de pensar na possibilidade de passar o que você viveu e vive todos os dia!
O que você disse sobre a perda dos seus pais e a dele, que ele não é de onde você veio, mas sim para onde você vai é simplesmente poesia!
Parabéns, pela força, coragem e alegria de viver!
Grande Beijo
Talita

Mariane Oliveira disse...

Um dos meus irmãos tinha fascinação pelo caminhão de lixo quando tinha uns 2 aninhos, sempre corria atrás. E fazia minha mãe, grávida de gêmeos, correr atrás junto (correndo atrás dele)!
Achei que vc ia comentar que o Cisco também se amarrava em caminhões de lixo e tinha feito vc correr atrás de um quando comecei a ler o post de hoje, hihi!

Lenilde disse...

Olá!! Cris,
Faltou você colocar a revista Seleções no "para dar notícias".
Tá em todas né! É isso aí, o que é bom tem que aparecer, e você é ótima. Parabéns.
Beijos e um cheiro no Cisco.
Lenilde

Taís disse...

hehehehe
Pois é...Aqui no RS os lixeiros também cantam
:-0)
Bjus

Menina de óculos disse...

Obrigada por ter me lincado a seu blog. Eu fiquei muito feliz. Gosto muito das suas palavras, gosto muito do Cisco (o apelido mais lindo que eu conheço), gosto até da meia furada dele. :)
Beijos

Gisele disse...

Verdade.. né, cantoria matutina sempre.. tem um que eu sempre dou bom dia quando saio de casa pro trabalho e ele responde super alegre. (sim.. eu trabalho de "madrugada" rsrs).

Eu leitora desnaturada que sou sempre leio mas nunca deixo recadinho, Hoje resolvi escrever (acho que escrevi aqui só umas duas outras vezes)

Espero que goste:http://jeangisele.blogspot.com/2008/04/delicadeza.html

Já faz tempo e nem pedi sua autorização. vê se aprova.

BJOS

Camila disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camila disse...

Oláa.
:)
Li sua reportagem na seleções.
Fiquei super emocionada com sua história.
E curiosamente hoje eu estava triste por me sentir presa ao passado.
Daí quando li a parte que você diz que a vida não pode ser controlada senti que, sim, eu posso fazer diferente.
A parte que você fala da perda dos seus pais e do seu amor é perfeita!
Parabéns!
E obrigada por me ajudar, mesmo que indiretamente.

Bianca disse...

Li sua postagem...
Eles são sempre assim...
Os da minha rua passam cantando, sempre!
E tem gente que reclama da vida.
Eles são de se admirar...
Um grande beijo.
Bianca

Tati disse...

Oi Cris, sempre passo por aqui mas só outro dia deixei um comentário. E hj tomei a liberdade de indicar seu site no site do meu filhote. Se quiser conhecer meu bebezinho... rafaaugusto.multiply.com
Bjo e felicidades

Anônimo disse...

Acabei de ler teu artigo na revista Seleções de junho...me emocionei muito. Te desejo muita felicidade com o Francisco. Um beijo, Cláudia.

Danielle Ribeiro disse...

Sempre fofa né Cris?(luxo foi ótimo!)
Já faz um tempo que leio seu blog mas nunca comentei...
Enfim...
Te admiro muito!
Bjs!

Jenny disse...

Menina, sou de Curitiba e estava perambulando pelos blogs de moda, caí no "It girl" que linkou o "Hj vou assim" que linkou o "Para Francisco"...e simplesmente me faltam palavras...

Que delicadeza, que amor lindo, que belas palavras...juro q tive que conter as lágrimas (estou no trabalho rs) e não vou sussegar enquanto não ler e ler e ler...

Beijo no coração!

danielle disse...

lindo teu blog!!!!
adorei teu jeito de escrever!!!
como várias pessoas aqui, tb cheguei pela matéria na Seleções.
Abraço!

Karene disse...

O Blog é lindo. Mais é lindo o post de hoje. Só uma alma muito pura, para perceber os pequenos fatos do dia a dia que fazem a diferença.

GRAZIELLA MATTAR disse...

Acompanho teu blog ha algum tempo, na verdade nem sei como cheguei nele (hoje eu vou assim)...virei super fã.
Depois descobri "para francisco" e hoje, aqui no transito de são paulo me lembrei dos teus escritos, tuas historias! É tão maluco, pois não os conheço e cultivo por voces um grande afeto! Resolvi entao chegar em casa e escrever para vc! Só para dizer que por aqui vive mais uma pessoa que te admira e torce para que a vida por ai seja tão doce quanto esse blog! Fica em paz. Bjus

Miche Lopes Saratt disse...

Li sua história e a do Francisco na revista Seleções deste mês, por isso passei para deixar um bjo, p vcs dois.... então tah, bjssss

Anônimo disse...

Oi Cris, td bom?
Gostaria de falar com você a respeito de uma matéria para a Marie Claire.
Vc entra em contato comigo urgente?
bj

Cris
cferradosa@edglobo.com.br

Anônimo disse...

Olá.Acabei de ler sua história na Seleções. Surpreendente pois nos faz refletir e viver intensamente como você vive! Tenho um bebê da idade do seu. 2 dias de diferença. E é uma alegria. A casa fica cheia de felicidade!!!

Anônimo disse...

Cris,

Você disse que ainda queria conhecer o João Miguel (do filme Estômago) e como vejo que as vezes você entra aqui bem tarde da noite, quem sabe você vê esta msg... ele está agora no programa do Jô.
Beijinhos,
Fabi

Sofia Fada disse...

Oi Cris. Vou colcar o livro (o menino revirado) nos correios hoje! Semana que vem chega aí pra você.Ah, agora também tenho um blog, chama poesia pra quê? Depois passa lá pra dar uma olhada.
bjs!
Sofia

Anônimo disse...

Cris,

a forma de "ver" as coisas realmente é tudo: por parte deles, que sabem da importância do trabalho que fazem, e o fazem sorrindo. E da sua parte, pois poderia ter ficado irritada por ter que andar devagar atrás do caminhão, mas enxergou a alegria deles, e não o lixo que estava à frente.

Cris.

eliane disse...

oi,li sua metéria na revista selecoes ,como vc é sensivel,escreve c/ uma singularidade,..parei pra pensar e vi que as vzs dói muito viver num é mesmo..mas como diz minha mãe a gt cresce nas dificuldades..e sempre acha algo pelo que vale lutar,abracos!!continue escrevendo ..faz muito bem .paz!!
eliane

Pequena disse...

Cris, mandei um email para este endereço, mas não obtive resposta. Aguardo seu contato no cristiguerra@uol.com.br

Abraço!

Boas Vibrações disse...

linda ,não me canso de dizer o quanto vc é linda por dentro e por fora pq sabe ver beleza em tudo...comento o teu blog pra todo mundo que reclama da vida e mando ver como vc faz a vida bela.
a gente pensa que só a gente é que tem problemas entra no meu blog e lê a ciranda da bailarina e faz um coment ficarei feliz de saber a tua opinião
boas vibraçãoes pra ti...
ah! no meu blog fiz questão de colocar vc como meu preferido

Anônimo disse...

os garis do Rio são lindos. tem um no aterro que tá sempre ouvindo música, tem um negro espetacular (um deus de ébano, paris tá perdendo) na pça são salvador e vários outros que se espalham pela cidade. eles mexem com meus hormônios.

Anônimo disse...

Amiga, como o nosso caminho é quase o mesmo pro trabalho eu também já acompanhei esse trajeto... só que na volta!
Não achei poesia nenhuma. Tava cansada, com fome, louca pra chegar em casa e eles só me atrasando... hahaha
Adorei o seu olhar!
Nunca mais os verei de outro jeito.
Beijos.
Te amo.
Giuli.