sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Heranças.

Data: 17 de novembro de 2006 16h54min0s GMT-02:00
Para: Cristiana Guerra
Assunto: minha raquete nova

Hoje ganhei uma raquete nova.
Minha raquete nova é bonita, é bonita.
Quem me deu minha raquete nova foi o meu amor.

meu amor de raquete que meu amor me deu de gostosa que ela é

um beijo

outro beijo
um beijo
outro beijo
outro beijo
um beijo
beijo outro


amorzinho, eu te amo, viu?

Hoje é aniversário do Café com Letras. Vai ter festa a partir das 18:00 com a Gabi tocando. Vamos dar uma passadinha por lá? só pra dar uma saidinha.

bjbjbjbjbj


7 comentários:

Pequena disse...

Você vai herdar essa raquete, filho. Está guardadinha pra você. Tomara que você tenha herdado também esse senso de humor.

Ana disse...

Oi, Cristiana! Quem tá escrevendo é sua mais nova amiga virtual via "orkut"...Sou a Ana Paula, amiga dos meninos.Tive acesso ao teu blog e não parei mais de ler.Acho muito bonita a iniciativa de tornar pública a sua história com o Gui e o Cisco.O mundo carece de histórias de amor como essa...Beijos

Pequena disse...

Que bom, Ana. Continue lendo, fico muito feliz. A vida é muito louca, mas tem coisas boas. A internet é uma delas. Um beijo!

Redatozim disse...

E aquele paraíba sem-vergonha desmarcou, desmaqrcou e não jogou squash comigo, nem com raquete velha e nem nova. Cisco, seu pai era um doce, mas era enrolado, viu? nuh.

Pequena disse...

E o sujeito morreu de squash, o danado. Eu disse pra ele uma vez pra fazer outro exercício pra dar condicionamento, pois squash é muito puxado, mas ele ficou uma fera ouvindo isso. Disse que era "dar uma de mãe". Nunca mais abri o bico. Ai ai.

Cristiano disse...

Cris,

visitei o blog e me emocionei. Não pude deixar de ler a despedida sincera nas palavras do Maurilo sobre o Gui. Desde que nos encontramos aquele dia na Status, fiquei com algumas coisas guardadas só pra mim.. da saudade que sempre senti do Gui.. e de como esperava, pacientemente um momento para retomar o convívio com ele.. alguém que eu amava profundamente e que foi muito especial na minha vida.. lamento que esse momento nunca tenha chegado.. A

Sei que ele deixou muita saudade. Deixou também um pedacinho dele pra gente aqui, que é o Cisco. Que chegou cercado de muito amor, carinho e proteção.

Conte sempre comigo pro que for preciso.

Com amor,

Cristiano d'Alcântara

Pequena disse...

Obrigada pelo carinho, Cris.

Um beijo grande.