terça-feira, 1 de abril de 2008

O sim de cada dia.



Minha barriga já estava bem crescida, eu me lembro. Eu e ele estávamos saindo do meu apartamento, entrando no elevador, quando eu disse, gracejando: “Você é meu marido”. Ele olhou pra mim, buscando confirmação: “Sou?”

E assim nos casamos: num lugar chamado coração. O nosso sim, filho, era a cada dia. A cada manhã que acordávamos juntos, no email carinhoso que um mandava para o outro. Era um amor muito fresco e leve. Não precisávamos morar na mesma casa para sermos companheiros. Tínhamos sido casados antes. Estávamos há mais de um ano experimentando esse formato. Tínhamos motivos para acreditar que era melhor assim.

Antes disso, um dia ele sugeriu que comprássemos uma casinha. Foi surpresa boa de ouvir. Mas confesso que eu tinha medo de estragar tudo. Eu ficava pensando nos dias em que ele tivesse vontade de ficar só. Ou eu. Quando um começa a chegar mais tarde em casa por uma certa falta de espaço. O melhor da gente é preciso regar todo dia. Cuidar como planta frágil.

Quando passássemos a morar na mesma casa, para que os emails de bom dia? Talvez se tornassem escassos os telefonemas “só para dar um beijo”. Pequenos gestos que fazem do amor uma alquimia sutil, temperando ao gosto dos chefs o prato de cada dia.

Ao mesmo tempo, queria ver isso acontecer. O aprendizado de cultivar os encontros em meio à rotina massacrante. Driblar problemas do cotidiano, encontrar a suavidade de não fazer tudo sempre igual. Será possível? Seria? Para mim seria um desafio gostoso. Era muito o amor que eu sentia.

Falávamos de quando ficássemos velhinhos. Fazíamos vozes e boquinhas murchas, brincando com a imagem que trazíamos desse futuro. Seria sempre bom.

Com o tempo, vamos aprendendo a conhecer o outro. Seus gestos passam a ser previsíveis. Mas isso também tem uma alquimia.

Por que não querer todos os dias aquele abraço quente, dormir de conchinha, rir ao adormecer, piadas muito particulares, linguagem própria, segredos e sexo pela manhã? Por que eu não haveria de gostar de saber de cor seus gostos e preferências, suas chatices e manias?

Mas a vida acharia uma outra forma de eternizar esse “sim”.

O seu sorriso toda manhã, Francisco, é o email dele me deixando um bom dia. É o telefonema só pra dar um beijo. É o amor fresco e renovado que eu rego todos os dias.

É um privilégio seguir amando - e amando cada vez mais.

34 comentários:

Daniela disse...

Coisa mais linda do mundo.

Anônimo disse...

Lindo, porém doído!

Kell disse...

Sinto falta dele, mesmo sem conhecê-lo, só pelas coisas que você conta. Amor lindo.

Taís disse...

Oi Cris
Que texto bonito!
Vontade de chorar, vontade de dizer pro namorado o quanto ele é importante pra mim!
Acho que vou fazer isso...
;-)
Bjus

Renata Rocha disse...

Usando as palavras da Kell: "sinto falta dele, mesmo sem conhece-lo..."
Quando eu arrumar um namorado, amigo colorido, amante, soulmate, seja minha conselheira please, descobri no seu blog que nao sei amar ninguem.
Beijos

Anônimo disse...

Bom dia Cris e Bom dia Francisco!

Depois de algumas semanas acompanhando o Blog de vocês, hoje decidi sair do anonimato.

Cris: vc é muito delicada e tem um dom muito especial que é o de encantar! Com palavras e com seus sentimento. Desejo-te felicidade, coragem e vida sempre!

Cisco: Sua mãe tem um orgulho enorme de você. Também, lindo assim quem não teria? Mas, imagino quando você aprender a ler e conhecer todo esse carinho. Vc saberá mais que ela o que é ter orgulho de alguém. Para vc desejo muitas bagunças, muitas travessuras e que aprenda mais ainda.

Sempre os lerei!

Abraços e um beijo no pezinho do Cisco.


Lili -BH


PS- Meu pai tem 85 anos e é atleticano também. Mostrei a ele a foto do Francisco com o uniforme do Galo. São essas suas palavras: Que bom que tudo se renova! Que bom que a vida se renova! Ela sempre encontra um jeito de se equilibrar.

Cardume Design disse...

Meu Deus! Lindo. Emocionei.

Barbara disse...

que lindo... eu tb me casei dessa forma... e procuro, todos os dias, tornar nossos dias mais divertidos.
amar é bom demais!
te mandei um email, vc recebeu?

um beijo
Barbara
bmaues@gmail.com

Kiki disse...

Vc disse uma coisa que concordo plenamente.....casar no coração...hoje sou casada assim, não vivemos na mesma casa, temos nossos espaços...não brigamos por motivos futéis, que envolvem nossa rotina, somos mais cumplices do que nunca, ficamos esperando o fim de semana para então namorar...curtir nossas filhas e exercitar nosso amor...
beijos pra vcs dois

Lenilde disse...

Cris,
Estou ficando viciada no seu blog. O que você escreve é lindo!!!
Seu amor pelo Gui (já me sinto íntima!. Também sinto saudades dele, sem conhecê-lo) é emocionante.
Bjos p/ você e p/ o Cisco.

Lara disse...

Como n poderia deixar de ser, te linkei...
;)

Beta Estevam disse...

e como não poderia deixar de ser: (mesmo trabalhando com elas,) fico sem melhores palavras para descrever seus textos...

Força sempre, Cris! mas... isso eu sei que vc tem! ;)

Beijo grande

Fernanda disse...

Cris,

Espero que os dias voltem a ter mais cor na sua vida. Não pelo Cisco, que é um encanto, mas pela falta que o seu Gui faz pra você.
Sinto muito mesmo. Existem coisas inexplicáveis, não é?
Um grande beijo
Fernanda

Thales e Graziela disse...

Cris,

o casamento (morar junto, dividir a vida, enfrentar a rotina...) também pode ser muito bom quando é com a pessoa certa, com o amor da vida da gente. Se um dia acontecer, não tenha medo, você tem tudo para ser muito feliz seja como for.

beijos, Graziela

Anônimo disse...

Desejo (com toda intensidade) q vc continue forte e acima de tudo... idealista. "O idealista é incorrigível: se é expulso do céu, faz um ideal do seu inferno" (Nietzsche).

Tempus fugit...
Carpe diem!

Daiane Bastos

sayô disse...

"O melhor da gente é preciso regar todo dia."

Sábias demais as suas palavras!

O AMOR ele não acaba.
È eterno, as pessoas se vão,
mudam deste plano para outro.
Mas o amor? Este permanece!
Para sempre!

bjs

Luciana disse...

Linda,
como sempre ...
venho todos os dias aqui ler um pouco de vc ... e quando vc não atualiza e entristece!
sorte, saude , amor e sucesso!
beijão

Roberta disse...

Lindo post, lindas palavras, sentimento lindo e sensivel!!
Paz no seu coração e muito amor sempre!
Bjks

Carina disse...

Bem posso ser apenas mais uma dizendo a ti como sao brilhantes cada palavra que voce digita aqui, mas bem lhe digo de novo: as palavras aqui escritas por voce sao brilhantes, bem, tudo existente tem seu brilho, mas nao sei, acho que essas suas palavras se destacam um pouco mais, e me fazem querer entrar aqui todos os dias, em todas as palavras, da pra sentir, esse toque de saudade, tao devidamente acolhida, que da prazer em ler... =]
porque aqui as palvras conseguem acolher tanto o amor quanto a saudade, e as coisas se eternizam, de tantos modos, que nao da para se explicar, mas voce consegue, e somente me resta uma coisa a dizer, eu admiro voce.


beijos,
entrei, entro, e entrarei sempre.

andrea disse...

Perfeito !!!

Luciana Gill disse...

Mais um post lindo!!

Amor assim é difícil de se ver (ou eu não estou enxergando bem rsrsrs)... Deve estar reservado para pessoas especiais!

Paz para você e o Cisco.

Carolina disse...

Muito obrigada, Cris, pela esperança que vpcê me traz.
Seu meninão é lindo!

Lisley disse...

Cris, quem sabe casar só no coração não seria a maneira correta de eternizar e preseva um amor, para que assim ele floreça todos os dias e não seja atingido ou peturbado pelo problemas do cotidiano!!!! Hoje Cris vc tocou em um assunto que mtas vezes questiono... mais uma vez falou de coisas que atingem a todos nós, de uma forma especial! E mulher pra tocar no coração da gente, rssss. Como sempre, obrigada por compartilhar seus pensamentos...
Bjoks.

Anônimo disse...

Oi Cris,
Acabei de conhecer seu blog, nesta madrugada.
Estou muito sensibilizada com sua historia tb pq na minha gravidez, em 2005, bem no finalzinho meu marido descobriu que estava com um aneurisma de aorta. quando nossa filha estava com 6 meses ele operou, teve uma infecção hospitalar que o deixou mais 3 meses "baqueado" (se é que essa palavra existe!) e depois de uma nova cirurgia e muitos dias de apreensão, hospital, antibiótico e etc ele se recuperou.
Sou muito grata por tudo ter passado e lendo o seu blog revivi tudo isso.
Temos que agradecer tudo que temos, todos os dias.
Parabéns pelo blog, pelo exemplo, pelo filho fofo,pela força, garra e etc.
Um grande abraço,
Ana Paula.

nina disse...

Já me renovei com a poesia de todo dia. Obrigada

Anônimo disse...

Cris
Me impressiono com a sua capacidade de descrever sentimentos e emoções com palavras ... e fazer com que quem esteja lendo quase que vivencie o que vc passou...ui !
Seu texto é maravilhoso.
Seu filho é o seu tesouro , e que lindinho ! Parabéns
Que Deus os abençoe !
Boa sorte ! Sucesso. Cecília

Camila disse...

sempre choro lendo suas palavras, mas não é choro só de tristeza, é um choro com um sorriso no rosto.

André disse...

Oh amiga,que Jesus ilumine seus pensamentos e abençoe sua vida a cada dia!!!
Muita Luz pra vc!!!
alemaotubarao@hotmail.com

Anônimo disse...

Cris, tenho acompanhado sua historia, primeiro na reportagem do estado de minas, quando fui conhecer seus blogs...me interessei pela maneira q vc monta seus looks e pelo seu brecho online. E em "Francisco" uma historia de vida. Agora estou vendo sua participação no globo reporter. Fiquei muito comovida. Desejo força e paz de espírito. Strawberry fields forever... Um grande abraço...

Anônimo disse...

Olá Cris,
Acabei de conhecer sua história pelo Globo Reporter. Tocou fundo no meu coração!!!!
Que Deus continue lhe abençoando por toda vida e, além da eternidade.....

Um forte abraço de uma pessoa simples que conhece por duas vezes esse Amor Incondicional de Mãe... Claudia Cristini
cccrisp@ig.com.br

SHEILINHA disse...

Que amor lindo esse, que esse amor sempre fique guardado em seu coração , são coisas raras de se encotrar, o filho de vcs é lindo e passa um ar de anjo =)!

Vi lagrimas rolarem ao ler suas mensagens , mais que possas continuar tendo forças e seguir em frente!

Abraços

Leidiãne disse...

Oi Cristiana, ontem assisti na globo sua história e fiquei muito emocionada, passei a ter uma admiração instantânea por vc, nao sei como eu ficaria se algo parecido com o seu me acontecesse, com certeza nao teria essa força enorme! Vc tmbm me ensinou a ter mais carinho nao so com meu marido mas com todos ao meu redor, fica com Deus e um abraço muito forte!

Anônimo disse...

O amor nos ensina sempre...
A sua história toca meu coração
e me ajuda a ser uma pessoa melhor!!! Sempre acreditei que sensibilidade é força e lendo seu blog essa certeza se agiganta,
sensibilidade é força que vem de dentro da alma.Que coisa boa você
existir!!! Bjs no filho lindo!!!

Anônimo disse...

O amor nos ensina sempre...
A sua história toca meu coração
e me ajuda a ser uma pessoa melhor!!! Sempre acreditei que sensibilidade é força e lendo seu blog essa certeza se agiganta,
sensibilidade é força que vem de dentro da alma.Que coisa boa você
existir!!! Bjs no filho lindo!!!