quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

De mãe para filho.

Seu pai amava viajar. Eu também gosto, mas não sou assim tão solta. Sempre me culpei por isso. Mas agora entendi que ser assim tem o seu lado bom. Nos meus tempos de adolescente eu ficava indócil se não arrumasse um programa no fim de semana. Ficar em casa no sábado à noite era sinônimo de ser esquecida pelo mundo. Quase como ser invisível. Com o tempo aprendi a cultivar meus espaços. Aos 27, fui morar sozinha e fazer minha casa teve uma importância muito grande. É maravilhoso olhar para o seu apartamento, mesmo que ele não seja próprio, e sentir que ele é uma extensão de você. Que à sua volta estão as suas escolhas, as coisas que você ama, um pouco da sua alma. E isso com o tempo melhora, porque você passa a se conhecer mais. Para mim, uma casa aconchegante fala do quanto me sinto confortável em mim mesma. Adoro viajar, filho. Mas também adoro ficar. Não sei como, mas quero poder ensinar essa sensação pra você. Quero muito que você seja feliz por ser você. Viajar é maravilhoso. Mas é fundamental gostar de voltar para casa.

23 comentários:

Maria dos Açores® disse...

Cris, o Cisco já é um bébé muito feliz, basta ver pelas fotos e quando crescer vai ser ainda mais. Foi um bébé muito desejado, vindo de dois pais que se amavam muito e que o amavam. O pai pode ter partido mas donde está, olha por ele e o protege. Tem uma MÃE fantástica, linda, guerreira, amiga, companheira que o vai ajudar em cada etapa da vida. Quando ele tiver idade para ler e compreender o grande acto de amor que a MÃE fez para ele que é este blog, vai-se sentir o homem mais sortudo, orgulhoso e FELIZ. E podes apostar que não vai querer que a vida lhe tivesse corrido de outra forma.
Um beijo com muito amor para ti e para o Cisco

Maria dos Açores® disse...

Eu entendo quando dizes que adoras viajar mas também adorar ficar, pois comigo acontece a mesma coisa. Eu adoro viajar conhecer nossos sítios, culturas e pessoas mas ao mesmo tempo adoro estar em casa a curtir as minhas coisas, o meu cantinho, a minha paz e o meu sossego. E quando estou ausente sinto sempre falta daquele aconchego...

Eu , você e nós disse...

Adoro seu blog!!!
Vc escreve muito bem!!!
Vc tem orkut?
Bjs
Flávia

Nat disse...

Cris, lembrei de vc qdo li:

"Por muito tempo achei que a ausência é falta. E lastimava, ignorante, a falta. Hoje não a lastimo. Não há falta na ausência. A ausência é um estar em mim. E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, que rio e danço e invento exclamações alegres, porque a ausência, essa ausência assimilada, ninguém a rouba mais de mim."
(Drummond)

beijoka
Natalia.

Lelena Lucas disse...

Conheci seu blog hoje. Tenho dois filhos e o que mais quero é que também sejam felizes por serem eles mesmos. O meu mais velho também se chama Francisco, o mais novo, Alexandre. No meu blog, a postagem MAGIAS DE UM AMOR foi escrita pro meu Francisco. Felicidades pra vocês.
Lelena.

Andrea Nunes disse...

A melhor parte da viagem é sempre o chegar em casa. Dá uma sensação de aconchego, de felicidade, talvez, a segurança de se saber ter pra onde voltar...

Gabrielle Costa disse...

Hoje eu sei o que é vontade de voltar pra casa... Pra NOSSA casa, que nós montamos e que tem a nossa cara, o nosso jeito, o nosso cheiro...
Viajar é bom??? Com certeza, eu amo!!! Mas voltar pra casa e preparar a próxima viajem é melhor ainda!!!
Parabésn Cris, seus textos estão cada dia melhores!!! Sou sua leitora diária!!!!
Bjus em vc e no Cisco

Kika disse...

"There is nothing like home, Dorothy"

"Não há nada como voltar para casa, Dorothy" foi uma frase que muito marcou minha infância, naqueles anos em que assistir Sessão da Tarde era sinônimo de férias escolares, e férias escolares era liberdade...

Minha mãe sempre dizia para eu aproveitar bem a infância pois essa era a melhor fase da vida e que o tempo não voltava atrá...

Eu não tinha a mínima idéia do que ela falava, e disso eu lembro muito bem!

Por que a infância teria que ser a melhor fase da vida?
Por que o tempo não poderia voltar atrás?
E por que não haveria nenhum outro lugar como a casa da gente, para alguém que nunca tinha ido a nenhum outro lugar que fosse de uma casa a outra?

Eram grandes indagações para uma pequena mente agitada...

Queria que minha mãe tivesse escrito um diário assim para mim.

Por outro lado, sei que ela escreveu, não para mim, mas por mim, pois escreveu milhares de cartas para suas amigas nos anos em que moramos fora, contando de nossas peripécias...

Algumas dessas amigas nos mandaram as cartas de volta quando ela morreu... E é interesssante conhecer e reconhecer uma mãe que eu nunca conheci. Não daquele jeito...

Só por garantia...

Beijos , sempre gigante pequena guerreira!

Rique Meirelles disse...

Seu blog é perfeito.
Voltarei mais vezes com calma.




Um beijo

Silvia disse...

Concordo!

Kassandra Viana disse...

Belíssimo blog! Você exala sensibilidade, inteligência, criatividade... Acabo de perder meu irmão mais novo em um acidente de moto, pela primeira vez estou sentindo a dor da perda de uma pessoa amada... Estou tentando escrever também, mas ainda estou muito abalda e confusa... Vou voltar smepre aqui para te ler... Beijos pra ti e para sua linda criança!

Kátia Borges disse...

Oi, seu blog é belíssimo. Vou linkar no meu, para poder acessar sempre e ler seus textos.

Marcia Parassol disse...

Oi Cris...
Viajar é adorável, mas voltar para casa, abrir a porta e sentir nosso cheiro, aconchegar em nossas coisas, deixar a mala num canto sem ter pressa de desfazê-la é melhor ainda. Por isso, adoro viajar... Seu Blog é divino... adoro navegar...
Márcia - Cascais

Jojoaninha disse...

Também fui morar sozinha com 27 anos em um apartamento alugado. Melhor escolha nos últimos 7 anos. Costumo chamar a minha casa de 'meu jardim' ou 'meu parque de diversões'... Não troco por nada.
Beijo grande.
Joana Alves

Dani Franklin disse...

Cris, gostei demais do seu blog. Tenho a mesma idade que você e um filho de 1 ano e meio. Não tenho nenhuma história de grandes perdas na minha vida e agradeço a Deus todos os dias por isso. Você demonstra uma sensibilidade e uma vontade de viver geniais e que servirão de exemplo para o seu filho que tenho certeza que com uma mãe que nem você, vai ser muito feliz.

Também adoro o seu outro blog: "Hoje vou assim." Adoro me vestir e gastar boa parte do meu dinheiro com meu visual. Vou me inspirar nos looks que você faz, heim :-)?

beijos,

Anônimo disse...

Em referência ao post anterior, deixo pra vc esses versos:

"Oração ao Tempo"
(Caetano Veloso)

És um senhor tão bonito
Quanto a cara do meu filho
Tempo tempo tempo tempo
Vou te fazer um pedido
Tempo tempo tempo tempo...

Compositor de destinos
Tambor de todos os rítmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo...

Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
Tempo tempo tempo tempo
És um dos deuses mais lindos
Tempo tempo tempo tempo...

Que sejas ainda mais vivo
No som do meu estribilho
Tempo tempo tempo tempo
Ouve bem o que te digo
Tempo tempo tempo tempo...

Peço-te o prazer legítimo
E o movimento preciso
Tempo tempo tempo tempo
Quando o tempo for propício
Tempo tempo tempo tempo...

De modo que o meu espírito
Ganhe um brilho definido
Tempo tempo tempo tempo
E eu espalhe benefícios
Tempo tempo tempo tempo...

O que usaremos prá isso
Fica guardado em sigilo
Tempo tempo tempo tempo
Apenas contigo e comigo
Tempo tempo tempo tempo...

E quando eu tiver saído
Para fora do teu círculo
Tempo tempo tempo tempo
Não serei nem terás sido
Tempo tempo tempo tempo...

Ainda assim acredito
Ser possível reunirmo-nos
Tempo tempo tempo tempo
Num outro nível de vínculo
Tempo tempo tempo tempo...

Portanto peço-te aquilo
E te ofereço elogios
Tempo tempo tempo tempo
Nas rimas do meu estilo
Tempo tempo tempo tempo...

paisdasmaravilhas disse...

Deus precisou das pessoas que você ama e então te mandou um anjinho para que voê não desista nunca.
Parabéns! Seu filho é lindo...é maravilhoso... E obrigada por me fazer sentir isso, não sei o q é, mas não xonsigo parar de ler esse blog, tenho uma sensação estranha, às vezes tenho medo, às vezes tenho esperança, às vezes tenho vontade de chorar, ou de rir, me apaixonei simplesmente.
Você é abençoada!!! PARABÉNS!!!

;) disse...

Olá.
Meu nome é ariane. estava lendo a revista Gloss de janeiro e vi seu blog lá! Entrei para conferir.. nossa eu AMEI! Parabéns menina seu filho é lindo e eu estou aprendendo muitas coisas lendo oq você escreve todos os dias!

Beijos.

taty disse...

Deus tem guardado você com muito carinho
E está sempre pronto pra te defender
Tem sido Fiel,Companheiro pra você na sua caminhada
Em Sua palma da mão Ele leva você
Se as lágrimas molham seu rosto, saibas que o Espírito Santo
Veio enviado por Ele pra te consolar...
E com muita sabedoria - enxuga seu pranto
E te mostra mais uma vez com Seu amor
E quem Ele ama, jamais é esquecido
Está protegido pelas Suas mãos
És abençoada e tens a Salvação.Por amar você
Ele manda um anjo forte pra te defender.É assim este Deus
Não desampara quem é servo Seu.Por amar você
ELE abre o mar ou te faz andar por sobre as àguas.Por amor
Ele faz de você hoje uma pessoa vencedor

monike disse...

Achei seu blog por acaso... e estou aos prantos te escrevendo.. li tudo, desde o começo... mais do que as histórias da sua vida, a sua narrativa faz com q tudo seja lindo e emocionante!!!
Parabéns por transformar este sentimento em tão belas e leves palavras... seu filho é lindo e tem sorte de ter vc como mãe...
vou divulgar sua pag no mei flog... posso? fotologs são bobos mas servem pra alguma coisa as vezes!!!
que seus dias sejam pra sempre iluminados...
beijos
Monike
www.fotolog.com/tianikky

sayô disse...

"Quero muito que você seja feliz por ser você." Cris Guerra.

E novamente Manoel de Barros:

"O MAIOR APETITE DO HOMEM É DESEJAR SER..."

beijos

Bruna Leite Yoda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruna Leite Yoda disse...

nem ia deixar nenhum recado. qualquer palavra neste blog merecem ser belas, pela beleza do amor que transborda em cada letra.. que eu daqui vou dá angústia, ao delírio e a felicidade.. compartilhando com o desconhecido um sentir que há tempos não sentia..
inspira..
aí, lembrei lendo este post de uma frase que li num livretinho xerocado que me deram numa exposição de fotos algumas semanas.
só li essa frase, mas ficou registrada a tal beleza.
"sou porto. não parto"

realmente, seu amor é muito bonito.

bruna leite yoda
& bebê.