quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Divina tecnologia.


Você nasceu na era da internet, filho. E talvez um dia ache isso muito comum. Mas para nós, nascidos nos anos 70, isso acontece feito mágica. Como um dia abrir esse blog e encontrar nos comentários um amigo de infância do seu pai. Alguém de quem ele já tinha falado muitas vezes, mas que não via há muito tempo e, por isso, nunca teve a chance de me apresentar. Com o Marcel e com o Tio Vítor, seu pai viveu grandes aventuras. E meses atrás chegou às minhas mãos essa foto dos três, que mais parece um quadro. Pois algum tempo depois, aqui, nesse espaço que não é físico, eu e o amigo do seu pai nos encontramos por acaso. E os nossos corações falaram emocionados sobre uma mesma pessoa que conhecemos em tempos diferentes. "Com 11 anos ele já tinha uma veia poética, pois terminava as cartas me chamando de 'amigo dos amigos'", ele me contou. Não é maravilhoso, filho? Não paro de encontrar motivos para amar seu pai. E ainda tenho tanto dele pra conhecer.

22 comentários:

Hiro disse...

eh ....
nem tudo que brilha é ouro
.. mas que bom que toda foto eh uma lembrança

Maria Luiza Pedrosa disse...

linda a foto! sublime o seu amor!
feliz 2008 para todos vcs!

Lubi disse...

"Não paro de encontrar motivos para amar seu pai. E ainda tenho tanto dele pra conhecer."

Lindo, simplesmente.
E sua maneira de ver a vida.

Vivien disse...

Moça,

EU tive contato com esse espaço lindo ao ler a matéria da revista Criativa. Confesso que chorei...me emocionei com a história, mas principalmente com a beleza do amor verdadeiro pelo homem, pelo filho!
Força! E muito brilho, pq amor eu já vi que vc tem de sobra!
Obigada por inspirar tanta coisa boa na gente!

Kika disse...

Cris,

Apesar de o Cisco ter nascido na era da internet e nós termos nos conhecido nessa bolha da rede, me peguei outro dia pensando, quando ele souber ler, como será que será a tecnologia do tempo dele?

Há um ditado, acho que chinês, que diz que a mais tênue tinta é mais pemanente que a mais forte memória.

Portanto, apesar de tudo o que está registrado aqui, como um grande album do colagens, por garantia, é bom ter tudo impresso!

Daí você terá a certeza que o Cisco poderá ler tudo isso quando for a hora...

Beijos da sua amiga virtual,

Kika

Ana disse...

que foto fofa!

Jô disse...

Linda!

Simplesmente linda a tua história, tua força de vontade de viver...sua capacidade de amar...
Sou psicóloga já vi e ouvi muitas histórias,mas a sua é verdadeiramente emocionante e linda!
Muita saúde pra vc e o Francisco!!
E um 2008 de muita paz!!!!

Juliana disse...

Cris,

Como muitos, cheguei aqui depois da Criativa e desde então venho todos os dias.

Perdi o sono no dia em que li a matéria pensando em você, no Cisco, na vida e nas pessoas que conhecemos nas mais diversas circunstâncias.

Ofereço a vocês um poema que gosto muito:

Amarras

A lembrança é um barbante.

Uma ponta amarrada no começo da história, outra, em nosso tornozelo.

Se o fio estica muito, mal dá para continuar.

É a linha da Memória que vai ficando puída, a da Lembrança,não.

Feita de fibra grossa,
não afrouxa até que um anjo venha desatá-la e a transforme numa corredeira de estrelas.

E quanto mais a corredeira for comprida,
tanto mais rica há de ter sido a vida.

Flora Figueiredo

Flavia Tanaka disse...

Comprei a Revista Criativa hoje para ler a sua matéria com o Francisco... Apesar de já ter lido o blog inteiro (de uma tacada só de traz pra frente), e já saber sua história, já conhecer suas palavras, me emocionei muito com a matéria. Ficou linda e com o mesmo espírito do seu blog, o de uma mulher forte, porém sensível, e feliz acima de tudo.
Lindo!

Guilherme Montana disse...

Que foto sublime!

Li recentemente seu depoimento na Criativa. A Denise, amiga minha e sua conterrâneo, foi quem me avisou da revista (foi ela também quem me apresentou ao seu blog). Na primeira visita virtual que lhe fiz, comentei. Fiquei, e ainda estou, exatsiado com o
para Francisco. E senti uma certa alegria em ver meu primeiro comentário no seu depoimento impresso. Sabe, sou leitor safado: leio tudo, comento raramente.

Um 2008 brilhante pra vocês três!

Rafaela disse...

Cristiana!
Li uma matéria na Gloss e descobri sua história e seu blog.Isso já fazem alguns dias.Hoje, no trabalho lembrei no endereço e vim visitar o blog. Essa é a lembrança mais linda que o Francisco pode receber! Me peguei com lágrimas nos olhos lendo os posts.
Emocionante!

Um grande abraço a você e ao Francisco.

Rafaela

Júnia disse...

Olá, Cristiana! Uma amiga me mostrou a reportagem na Criativa e confesso que fui presenteada ao lê-la. A história de amor entre vocês dois e o seu fruto é algo iluminado. Devorei seu site e agora me vejo em lágrimas. Mas são lágrimas que limpam e fazem refletir bastante. Obrigada por nos emocionar com tanta delicadeza. Se os homens pudessem amar uns aos outros assim, com certeza o mundo seria um lugar melhor para se viver. Espero que você e seu pequeno encontrem muitas cores, alegrias e flores em seus caminhos. E que 2008 seja bem leve, leve como uma pluma. Um beijo na bochecha dos dois, Júnia.

ROSANJINHO disse...

Li sua matéria na revista Criativa , estava no ônibus voltando do trabalho, trabalho numa agência , sou publicitária também, chorei como uma criança , super emocionante , uma lição de vida que vou carregar para o resto da minha vida , quando cheguei em casa , li a matéria para minha mãe, tive que interromper umas três vezes pq soluçava de tanto chorar.

Só tenho a dizer PARABÉNS , por ter uma iniciativa de vida tão maravilhosa e por ter encontrado uma pessoa tão especial como o pai do Francisco.

boa sorte nessa vida que só está começando

grande beijo

Rosa dos Anjos

Manuel Rolim disse...

Ei Cristiana.

Conheço este blog desde a fundação, bem como o outro. Li a sua história na Criativa e também na Gloss. E, a cada dia, fico mais contente de, ao contrário dos comentaristas de cima, te conhecer pessoalmente.

Manuel

Pequena disse...

Obrigada por tudo. A cada dia eu me surpreendo mais. E eu que pensei que ninguém nunca leria esse blog.

Um beijo em cada um que passa por aqui, com o coração gordo de amor.

Pequena disse...

Guilherme, que bom ver você passar por aqui, que bom ver que você leu a matéria e viu a citação do seu comentário.

Seu comentário me emocionou muito e me fez ver que eu estava conseguindo expressar a grande pessoa que era o Gui. Essa era uma angústia que eu tinha. Uma vontade de contar pro mundo quem eu tinha perdido, o tamanho dessa perda. Hoje estou em paz e plena de alegria por ver que escrever aqui tem sido bom para muito mais gente além de mim.

Fico orgulhosa e feliz por você gostar de passar por aqui. E mais ainda por saber que eu provoquei em você o que não era um hábito: comentar.

Um beijo e feliz 2008 pra você também.

Ana Laura disse...

Parabéns pela tua iniciativa de compartilhar conosco essa tua vida de força... tua atitude me mostrou o quanot podemos ser forte e amar infinitamente...

Parabésn e obrigada pela força....
bjuxx

cíntia disse...

oi cris!!
num dos teus posts dissestes que estavas agoniada porque o guifraga não falava contigo... lendo teu blog - e principalmente este - eu percebo que, sim, ele fala contigo. só que de um jeito mágico. um jeito que a gente não consegue entender ainda... mas ele fala, com toda a certeza ele te manda as mensagens dele. e vcs nos ajudam a querer viver a vida com muito mais intensidade, com mais alegria e com mais força. obrigada querida. boa noite! durmam com os anjos.

Jaque disse...

Quanta mágica eu sinto ao ler o q vc escreve para o seu filho...

Parabéns Iluminada, pois é assim q eu te vejo, como uma mulher forte, capaz e surpreendente..

Obrigada por deixar que todos nós possamos aprender um pouco com essa sua força..

Um beijo no seu coração.....

Fique com Deus

Dan disse...

Cris fofa, pela primeira vez li tudo no blog, de uma sentada só. Lindo, lindo, lindo, sincero e comovente (dá um livro!) Ótimo programa para uma tarde de sábado trabalhando na agência, esperando o layout do diretor de arte ficar pronto. ;-) Nos faz lembrar do que é realmente importante na vida. Beijos e, novamente, feliz ano novo.

Le disse...

Estou arrepiada...
Ao mesmo tempo que sua história é linnnnnnnnnda é também triste.
Mas o Francisco tá aí para te fazer feliz, para ser feliz. O Gui tinha uma missão aqui, ele veio, cumpriu e deixou um "presente divino" para toda sua vida, eu acredito assim.
Claro...também vim aqui pela revista e pretendo vir sempre que entrar na net, gostei do que li, das perdas e ganhos que temos na vida. Eu mesma descobri isto em 2006 quando meu lindo vô se foi e veio meu lindo sobrinho...é a vida né
Beijos e torço pela sua felicidade junto do Francisco, menino lindo viu!

Renatinha - BH disse...

Não soube do blog por revista alguma, ele simplesmente saltou a mim através de uma procura no google.
E juro que consigo enxergar aqui o quanto seu Cisco é afortunado. Passei praticamente pela mesma experiência dele, porém foi minha mãe que se foi. Naquele tempo nem existia internet, e, portanto, tenho apenas fotos e alguns escritos para me lembrar dela... O que você está fazendo para ele, certamente, será um presente maravilhoso, um imenso quebra cabeças para que possa se lembrar de seu pai do jeitinho que era e construí-lo da forma mais fiel possível. E digo por experiência própria, ele será eternamente grato a você e ao seu imenso amor.
Felicidades e tudo de maravilhoso para vocês dois!
Renata