segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Palavras reveladoras.

"Uma fofura. Um amigo. Uma flor. Uma pedra preciosa. Um abraço. Um doce. Uma perfeição. Uma bondade. Um charme. Um homem. Umas palavras. Uns gestos. Uma voz. Um olhar. Uma gentileza. Uma delicadeza. Um sem igual. Se uns 10% da população fossem iguais a ele, talvez o mundo tivesse solução."

Foi o que escrevi como depoimento na conta recém-inaugurada de orkut do seu pai, tão logo eu aderi à modinha. A gente não tinha absolutamente nada um com o outro, a não ser uma grande amizade. Alguns meses depois eu estava sentindo o mais arrebatador sentimento que eu já tinha experimentado.

Preciso prestar mais atenção no que escrevo, filho. Minhas palavras me dizem coisas surpreendentes.

9 comentários:

Paula Carolina disse...

Vi uma parte da matéria da criativa, me interessei e dei uma passadinha aqui.A minha irmã leu toda a matéria e ficou o almoço inteiro comentando.
Bem, deve ser horrível a perca de alguém assim por mais que eu diga só quem sente de verdade sabe,mas eu sei o quanto é criar um filho apesar de ter ajuda da mãe e família. Eu admiro muito o que você faz pelo seu filho.Beijos em vocês, vocês são lindos demais.

Taci disse...

Oi Cristina, eu (como um monte de outras pessoas) te conheci pelas revistas (as duas) e é claro vim até aqui pra conhecer o blog. Confesso que chorei lendo a matéria. Me fez pensar em tanta coisa em mim. Me fez sentir mais forte por ter ouvido - nem que seja através das páginas de uma revista, que a gente tem que olhar pra frente, ser feliz, ser forte. Obrigada!
Eu não perdi ninguém importante, não faço idéia da dor que vc sentiu, mas ver o "alegria" tatuado no seu braço me deu tanta força de vontade. Me deu muita luz e muita alegria também! Que bom! Francisco é um garoto de sorte! Vou voltar aqui, com certeza! (também adorei o "hojevouassim". Fantástico, divertido). Mais uma vez obrigada por ter entrado na minha vida! Boa noite! Grande abraço!

Carla disse...

Cris, gostaria de dizer que sua história de amor e coragem me tocou fundo... Suas palavras fazem o quase lugar comum (que pena!)" a vida vale a pena" fazer todo o sentido, profundamente.
Vc é uma pessoa iluminada!
Com muito carinho e (quem sabe?) até qualquer dia desses pelas ruas de BH,
Carla Reis.

Lubi disse...

E a 'graça' de escrever é justamente essa: descobrir, se des-cobrir.

Um beijo.

Marilyn Priscila disse...

Li a matéria na revista, num café ao lado da casa do meu namorado, e senti um misto de alegria e tristeza ao mesmo tempo, quando terminei li de novo e dessa vez para o meu namorado Davi, confesso que ao final meus olhos estavam cheios de lágrima e ohei pra ele e agradeci a dáviva de tê-lo ali ao meu lado, e entendi um pouquinho as simples alegrias da vida, e a simples doçura de amar e ser amada.
E naquele fim de tarde tive uma lição, Deus dá as cruzes mais pesadas a quem ele sabe que tem força para carregá-las, e você tem mostrado isso a milhares de pessoas. Quero te agradecer, por ter feito o Blog, agora serei leitora assídua, não perderei nenhum dia...E porque não pensar em um livro posteriormente, prometo que comprarei e darei a muitas pessoas que amo e tenho muito carinho, pois será no mínimo um presente delicado!

P.S: O amor de vocês é um milagre!

Com carinho
Marilyn

Miriam disse...

Existem coisas que fogem do nosso controle. A perda de uma pessoa que amamos é uma delas. Mas o amor que podemos manter dentro do nosso coração, esse sim pode ser mantido e regado todos os dias. Vejo você fazer isso com essas postagens e não sabe o quanto admiro isso. Amo uma pessoa do jeito que você ama o seu namorado e seu filho e sei o que é isso. Parabéns pela sua força, já sou sua fã.

Kika disse...

Cris,

aproveitando suas palavras, "se uns 10% da população fossem como" você, "talvez o mundo tivesse solução".

Quantos conflitos são gerados simplesmente porque não prestamos atenção nas nossas palavras?
No que dizemos, falamos, escrevemos, e tantas outras vezes, no contrário: não dizemos, não falamos, não escrevemos.

Acredito que nossas palavras tem vida própria e são incontroláveis, por isso só nos resta prestar atenção.

Minha estória começou com uma simples mensagem no orkut...
" Não te conheço, mas vou deixar meu recado a vc! vc tem um sorriso lindo.... gostei demais dele! :-) beijos pra vc Shavua Tov"

Revela-dor. Des-cobrir. Palavras.

beijos,

Kika

Anônimo disse...

Cris...Li na Gloss,fiquei até arrepiada quando vi a foto de vcs aqi,me deu uma vontade muito forte de chorar,mas...olhando essas fotos,parece que vcs ainda estão juntos,de alguma forma,mas estão.
Beijo.

dani disse...

Suavemente triste,fortemente lindo.É oq senti ao ler parte da sua trajetória de vida.Oq me confirma mais uma vez a veracidade de uma frase que amo e carrego comigo por toda minha vida.
O tempo as vezes(quase sempre)é alheio as nossas vontades,mas só o que é(ou foi)bom ,dura o bastante pra se tornar inesquecivél.
Um abraço de urso....
Daniela.