terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Rir, rir, rir.


Tava vendo umas fotos que fiz hoje pro meu blog de moda e entendi por que eu e seu pai nos dávamos tão bem. A gente era palhaço o mesmo tanto, filho. Até no jeito de corpo. Acho que você também vai ser.

9 comentários:

daru disse...

Li a matéria na Criativa e confesso que chorei muito. Fiquei triste pelo que teve e tem que passar mas ao mesmo tempo me senti na obrigação de vir aqui dizer que você é uma pessoa linda e que tem uma importante missão de criar seu filho da melhor forma possivel. Ele é a cara do pai! O mesmo olhar e sorriso! De ontem em diante resolvi ser tia-postiça do Francisco, creio que ele será cada vez mais cercado de muita energia boa pois todos ao seu redor torcem e sempre torcerão para ele ser muito feliz. Vou lá visitar seu outro blog. Sabe que já havia pensado em fazer o mesmo pois adoro moda? Eu costumo anotar o que uso (tenho até uma amiga que morre de rir a respeito mas sempre quer saber qual o modelito do dia). Um beijinho carinhoso para vcs dois e fiquem em paz. Mary

Bruh disse...

Li sua história na revista Gloss deste mês e devo disser que você é uma mulher de sorte e fibra, por aguentar todo este drauma e ainda estando grávida. Acredito também que seu filho é fruto do grande amor que você sentia pelo seu marido. Sua história de vida, daria um ótimo roteiro de filme que com certeza deixaria muita gente aos prantos, alias tive milhares de idéias =)

Adorei os seus dois blogs...tenha certeza que ganhou mais uma leitora diaria nos dois!

Parabens

Muita paz alegria e sucesso para você e seu filho em 2008

Mesmo não te conhecendo pessoalmente, mas estando de alguma forma por dentro de sua vida, creio que você merece tudo isso e mais um pouco

Beijos

raquel medeiros disse...

Já sou sua leitora-fã, vi as matérias e me emocionei demais... e pensei muito no quanto a gente reclama às vezes de uma espinha que nasce num dia importante.

lendo e percebendo o que você escreve aqui, dá vontade de pegar a pedra no sapato, riscar uma amarelinha no chão e tentar alcançar o que a gente quer, nem que seja num pé só.

desejo um ano feliz demais, leve demais, com pessoas do bem, sentimentos bons e muita saúde pra você e pra o Cisco.
beijos

Telma e Sofia disse...

Claro que eu tbm cheguei aqui através de uma das reportagens... Da Gloss.
Sou fã de blogs e vim correndo. Achei lindo! As pequenas coisas q li me deixaram às lágrimas. Não de tristeza, mas por perceber um amor tão lindo de vcs 3!
Mantenha as memórias desse pai bem vivas para que o Francisco o conheça, de uma forma ou de outra. Ele vai ser muito feliz por ter tido um pai como esse q vc nos conta.
Agora eu vou dar uma passadinha no outro blog tbm...
Depois eu volto!
Beijo

Anônimo disse...

Meu nome é Giuliane, e li sua história na revista Criativa. Gostaria muito de dizer que você me ajudou começar a ver o mundo de uma maneira muito mais bonita.

Parabéns por toda essa força e garra. E que Deus ilumine muito a sua vida e a de Francisco.

Muito amor e paz.

Giu.

Anônimo disse...

cris, preciso te dizer.

mesmo tendo conhecido seu blog (este e o outro) a meses atrás, fui comprar a "mini" Criativa para te ver, de novo. claro que abri a revistinha e fui logo na sua página, e enqto estava lendo meu namorado tirava uma soneca no meu colo. eu lia, e quando chegava em algumas frases, dava uma olhadela nele. as fotos que a revista publicou, eu já conhecia. a maioria do que estava escrito, já tinha lido aqui, mas me emocionei da mesma forma de quando li tudo pela primeira vez.

cris, a partir da sua dor e das suas declarações aqui, vc me ajudou a ver o mundo de forma diferente. te parafraseando: "essa é uma das maravilhas da internet".

admito que hoje sou mais feliz, por ter menos medo. o medo da perda era o maior de todos, mas hoje prefiro não pensar nisso, apesar de às vezes, bem raramente, essa idéia me passar pela cabeça.

acredito que nada é por acaso, e ter chegado aqui no ano passado, foi algo maravilhoso para mim. fico feliz a cada pessoa nova que entra nos seus blogs dizendo que te conheceu por tal revista, é mais um(a) te mandando energia boa, sendo tocado(a) por sua história.

só um pedido, queria mto ver a foto da sua mãe no painel da parede, se possível. eu tenho um carinho enorme por vc, pelo gui, pelo cisco e pelos amigos e familiares que te apóiam.

cris, eu desejo do fundo do meu coração que continue buscando o sentido em você, e que vc se ganhe de novo.

um 2008 de muitos sorrisos e mais aprendizados.

beijo na testa de boa noite especial. =*

Nina disse...

Cris,
Adorei seu blog!Sua história é emocionante.
Sou produtora do Programa Faminina, no SBT/Alterosa aqui em BH e gostaria de fazer uma reportagem contando a sua história. Você pode entrar em contato comigo ou me passar seu telefone por e-mail? Meu e-mail é producao.feminina@alterosa.com.br.
Um abraço,
Marina

Nath disse...

Vc é muito guerreira.
Simples assim. Não há muito o que dizer pra expressar a imensa admiração que vc despertou em mim. Admiro a sua força de vontade, o modo como vc lembra dele com tanto carinho, o modo como vc quer fazer com que ele seja parte da vida do Francisco, mesmo que o Francisco não possa conhecê-lo ao vivo e a cores. Vc se encarrega de inserí-lo aos poucos na memória do seu filho, e isso é muito bonito de se ver.

Bom, só comentei mesmo pra dizer que vc ganhou uma nova leitora (:

Que 2008 possa ter muito mais alegria do que tristeza, e que vc tenha ainda mais força pra continuar essa empreitada pra criar o Cisco. Tudo de bom!

Beijo.

Anônimo disse...

Vi sua matéria na revista GLOSS e vim correndo para ler tudo o que vc tinha a dizer sobre esse episódio de sua vida e tenho que confessar que devorei um blog inteiro... E eu que sou "tão forte", "tão dura", agora me vejo entre muitas lágrimas em pensar na sua força, na sua coragem e no seu amor... Tenha certeza Cris, que vc não somente se cura pelo blog, mas vc cura tbm corações que precisam saber que existe algo muito maior chamado amor!!! Sou casada há quase 3 meses e tudo o que eu li me fez repensar tantas coisas... Coisas que poderiam ser diferentes e feitas de uma forma melhor!!! Uma frase sua me comoveu, vc disse "que nada tinha ficado por dizer" e eu acredito que de tudo o que eu li é isso o que eu quero para minha vida agora... Não deixar nada por dizer ou por fazer...
Obrigada por tudo o que vc tem escrito e saiba que o Francisco, quando puder ler, vai ter um orgulho danado dessa mãe linda e desse pai maravilhoso que ele tem...
Que Deus esteja contigo e te dê forças para continuar a impactar a vida das pessoas dessa forma boa, linda e saudável!!!
Um grande beijo,
Gabrielle Costa - Brasília/DF